SiSU UENP

CURSO DE GEOGRAFIA

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA - LICENCIATURA

 

 

CAPÍTULO I

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art. 1º. O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas ao componente curricular Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no curso de Licenciatura em Geografia, e foi elaborado em conformidade com a Resolução 026/2001 - CEPE/UENP.

Parágrafo único. Este regulamento aplica-se aos estudantes ingressantes a partir do ano letivo de 2012, devendo ser cumprido enquanto vigorar o Projeto Pedagógico do curso aprovado pela Resolução 032/2011 - CEPE/UENP.

Art. 2º. O Regulamento de Trabalho de Conclusão do Curso de Geografia está organizado da seguinte forma:

I – disposições preliminares;

II - conceitos e objetivos;

III - da distribuição de competências envolvidas no TCC;

IV - operacionalização da orientação do TCC;

V– da avaliação;

VI – anexos.

 

Art. 3o. O Curso de Geografia deverá ter um Coordenador Geral de TCC, que se responsabilizará pela operacionalização, registro de documentos e permanente avaliação das atividades docentes e discentes que envolvem a realização do TCC.

Parágrafo único. O Coordenador (a) Geral de TCC do Curso de Geografia deverá ser preferencialmente o professor que leciona a disciplina de Metodologia da Pesquisa em Geografia, ou qualquer outro docente escolhido pelo Colegiado de Geografia, com mandato de dois anos, podendo ser reconduzido.

 

CAPÍTULO II

DO CONCEITO E OBJETIVOS

Art. 4o. Considera-se como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso de Geografia, a atividade acadêmica de sistematização do conhecimento sobre um objeto de estudo pertinente à Ciência Geográfica, desenvolvida mediante controle, orientação e avaliação docente, cuja exigência é um requisito essencial e obrigatório para a obtenção do diploma.

 

Art. 5o. O Trabalho de Conclusão de Curso será desenvolvido pelo acadêmico devidamente matriculado no 4º (quarto) ano do Curso de Geografia.

§ 1o. Durante a Orientação do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC, o acadêmico deve executar o planejamento e desenvolvimento de pesquisa monográfica, de forma individual, sob a orientação de um professor e realizar apresentação pública da monografia perante uma banca examinadora ou um grupo de docentes do Colegiado de Geografia, devidamente reunido para esse fim.

§ 2o. De acordo com este Regulamento o desenvolvimento e aprovação do componente curricular TCC é requisito parcial para a colação de grau.

 

Art. 6o. A elaboração do TCC no curso de Geografia implica em rigor metodológico e científico, organização e contribuição para a ciência Geográfica, sistematização e aprofundamento do tema abordado, sem ultrapassar, contudo, o nível de graduação.

 

Art. 7o. São Objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso de Geografia da UENP/CP:

I – criar postura investigativa por parte do acadêmico na produção do conhecimento geográfico;

II - sistematizar o conhecimento adquirido no decorrer do curso;

III - problematizar temas relacionados à prática do professor de geografia, bem como do profissional geógrafo nas diversas escalas espaciais;

IV - contribuir com a comunidade em geral para possíveis soluções dos problemas investigados.

 

CAPÍTULO III

DA DISTRIBUIÇÃO DE COMPETÊNCIAS ENVOLVIDAS NO TCC

Art. 8o. Compete ao Colegiado de Curso de Geografia:

I - garantir as condições gerais de realização das atividades do TCC;

II – indicar e disponibilizar professores para orientação de TCC, de acordo com as áreas de conhecimento delimitadas pelo Colegiado do Curso de Geografia;

III – distribuir e homologar a listagem de alunos por orientador;

IV – promover entre os professores orientadores, a eleição do Coordenador Geral do TCC;

V - distribuir equitativamente as tarefas de planejamento e execução de TCC entre os professores orientadores.

Art. 9º. Compete ao Coordenador Geral de TCC do Curso de Geografia:

I - estabelecer o calendário das atividades do TCC durante o período letivo;

II - disponibilizar aos estudantes e orientadores os formulários (carta de aceite, ficha de orientação, ficha de avaliação da banca ou outros que o Colegiado julgar necessários) para elaboração do projeto de TCC;

III - homologar a listagem de alunos por orientador e a composição das Bancas Examinadoras.

IV - orientar os acadêmicos na escolha de professores orientadores;

V - convocar, sempre que necessário, os orientadores para discutir questões relativas à organização, planejamento, desenvolvimento e avaliação do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC), do Curso de Geografia;

VI - organizar, junto ao Colegiado do Curso de Geografia a listagem de alunos por orientador;

VII - coordenar o processo de apresentação dos TCC´s e organizar cronograma para esta atividade;

VIII - divulgar, por meio de editais oficiais, a listagem de orientadores e orientandos, bem como os prazos de entrega de documentos;

IX - indicar aos estudantes e Orientadores as normas vigentes da Associação Brasileira de Normas Técnica (ABNT), que deverão ser adotadas durante a confecção dos TCCs;

X - arquivar os documentos referentes aos TCCs.

Art. 10. Compete ao orientador de TCC:

I - orientar, acompanhar e avaliar o desenvolvimento do trabalho em todas as suas fases;

II - estabelecer o plano e cronograma de trabalho em conjunto com o orientando;

III - informar o orientando sobre as normas, procedimentos e critérios de avaliação respectivos;

IV - Comunicar à Coordenação de TCC, por escrito, quando houver problemas, dificuldades e dúvidas relacionadas ao processo de orientação, para que sejam tomadas as devidas providências;

V - presidir a banca de apresentação e/ou avaliação do trabalho do seu orientando;

VI - avaliar o TCC.

Art. 11 - Compete ao orientando:

I - definir a temática do TCC, em conformidade com as áreas de pesquisa dos docentes, estabelecidas pelo Colegiado de Curso de Geografia;

II - Elaborar o pré-projeto a fim de aprovação e indicação do Orientador, em caso de investigação científica;

III - informar-se sobre as normas e regulamentos do TCC;

IV - cumprir as normas e regulamentos do TCC;

V - Manter o mínimo de setenta e cinco por cento (75%) de frequência nas orientações marcadas ou atividades previstas pelo Orientador;

VI - cumprir o plano e cronograma estabelecido em conjunto com o seu orientador;

VII- verificar e cumprir o cronograma de orientação estabelecido pelo orientador;

VIII - Elaborar seu TCC de acordo com as normas vigentes da ABNT, estabelecidas pelo Coordenador Geral do TCC do Colegiado;

IX - Efetuar adequações quando solicitadas pela Banca Examinadora;

X - Entregar a versão final, respeitando os prazos estabelecidos em cronograma de trabalho próprio, estabelecido pela Coordenação Geral do TCC do Colegiado de Geografia.

 

CAPÍTULO IV

DA OPERACIONALIZAÇÃO DA ORIENTAÇÃO DO TCC

Art. 12. A duração da elaboração do TCC não poderá ser inferior a 1 (um) ano letivo, e também não poderá ultrapassar o período limite de tempo para conclusão do curso.

Parágrafo único. Em casos excepcionais, notadamente aqueles que envolvem afastamentos involuntários por parte do acadêmico (a), o Colegiado de Curso poderá definir o desenvolvimento das atividades de forma que respeite o limite máximo para conclusão do curso, estabelecido no Projeto Pedagógico do Curso.

Art. 13. A orientação do TCC do Curso de Geografia será entendida como processo de acompanhamento didático-pedagógico, e de inteira responsabilidade de algum docente da IES.

§ 1o. O professor orientador deverá ter no mínimo o título de Mestre e ser lotado em algum Colegiado da UENP, preferencialmente no de Geografia;

§ 2o. Nos casos em que não haja docente habilitado na temática escolhida pelo acadêmico, poderá se recorrer a um coorientador, de outro colegiado, desde que não haja ônus para a instituição.

§ 3o. Caberá ao acadêmico sugerir o nome do coorientador à Coordenação do TCC, entretanto o Coorientador não substitui o Orientador em suas competências e deve contribuir cientificamente para o desenvolvimento do trabalho, podendo participar como membro da Banca Examinadora, quando for o caso.

Art. 14. O professor orientador deve manifestar por escrito, conforme anexo A deste regulamento, sobre a aceitação do encargo da orientação de TCC.

Art. 15. A distribuição das atividades desenvolvidas na Orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso deve ser ratificada em reunião do Colegiado.

Art. 16. A Orientação de TCC dar-se-á de forma indireta, através do acompanhamento feito pelo Professor Orientador por meio de relatórios, reuniões e contatos com o orientando.

Art. 17. Um exemplar do TCC deve ser encaminhado à Biblioteca da UENP, a fim de compor o acervo da Instituição e, de acordo com os anseios dos envolvidos deve ser publicado em meios de circulação pertinentes a comunidade cientifica.

 

CAPÍTULO V

DA AVALIAÇÃO

Art. 18. A avaliação do TCC compreende, no mínimo:

I. Avaliação contínua do processo de realização do TCC pelo Orientador;

II. Avaliação pela Banca Examinadora.

§ 1º. A avaliação do TCC pela Banca Examinadora envolve a apreciação do trabalho escrito, ou da demonstração do produto ou materiais resultantes do trabalho realizado e/ou apresentação oral do trabalho.

§ 2º. Em caso de opção do Colegiado por apresentação pública do TCC, a ausência do estudante na data determinada só será aceita com demonstração do motivo e anuência do Orientador e do Coordenador de TCC.

Art. 19. A Banca Examinadora atribuirá conceito de zero (0) a dez (10) considerando-se no mínimo:

a) a qualidade do conteúdo apresentado;

b) a utilização adequada das normas da ABNT vigentes;

c) a qualidade da apresentação oral;

d) o desempenho do estudante ao longo do processo de elaboração do TCC, para o qual será acatada a avaliação feita pelo Orientador.

Art. 20. É aprovado o estudante com média igual ou superior a sete (7,0).

§ 1º. Fica assegurada nova oportunidade ao estudante que não obtiver média sete (7,0) na defesa, desde que tenha atingido nota mínima de quatro (4,0), atribuída pela banca examinadora.

§ 2º. Na divulgação do resultado da avaliação, constará apenas os seguintes conceitos:

a. aprovado, conforme o caput deste artigo;

b. reprovado com reapresentação, cujo prazo será definido pela banca examinadora;

c. reprovado.

Art. 21. Ficará retido na série, por não cumprimento do componente curricular TCC, o estudante que:

I. Reprovar por nota na apresentação ou reapresentação do trabalho final, nos termos do artigo 20;

II. Utilizar de meio fraudulento na elaboração do trabalho;

III. Deixar de submeter-se aos critérios de avaliação previstos no regulamento do curso, bem como não cumprir com prazos fixados pela Coordenação de TCC;

IV. Não obtiver o mínimo de setenta e cinco por cento (75%) de presença nas atividades de orientação.

Art. 22. A avaliação final deve ser registrada em livro ata, ou documento similar, assinada pelos membros da Banca Examinadora.