Imprimir esta página

UENP tem Programa de Doutorado em Direito aprovado pela CAPES

Sexta, 18 Dezembro 2015 15:00 por Assessoria de Comunicação Social

No ano em que o Programa de Mestrado em Ciência Jurídica do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus de Jacarezinho, completa 15 anos, a UENP anuncia a aprovação do projeto que viabiliza a criação do Programa de Doutorado em Ciências Jurídicas pelo Conselho Técnico Científico do Ensino Superior da CAPES. O novo curso será implantado de maneira imediata, com previsão de seleção de candidaturas para o mês de abril e início das aulas no mês de julho de 2016.

“A aprovação do projeto, fruto da mobilização de recursos, somada à dedicação e trabalho das pessoas envolvidas, resultou em uma grande conquista que engrandece a UENP e o Estado do Paraná, visto tratar-se do primeiro doutorado em Direito do Sistema Estadual de Ensino Superior e o primeiro doutorado da Universidade”, salienta o professor-doutor Fernando Brito, atual coordenador do Programa de Mestrado da Instituição.

O programa apresenta como proposta a investigação crítica da problemática social da exclusão, buscando a compreensão dos mecanismos de alargamento do acesso popular ao judiciário, bem como o resgate de uma interpretação de cunho mais social que formal, de modo a criar, no pesquisador, a consciência de seu papel político, de construtor da cidadania e de afirmação do Estado de Direito.

Agradecimentos

A reitora da UENP, professora Fátima Aparecida da Cruz Padoan, comentou que “A aprovação do doutorado demonstra a adoção de uma política clara de apoio à verticalização e fomento à ampliação do stricto senso, adotada pela UENP”. Ela agradece o apoio do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, professor-doutor João Carlos Gomes, e do procurador Geral de Justiça, professor-doutor Gilberto Giacóia.

Fátima ainda ressaltou a participação efetiva do professor-doutor Vladimir Brega Filho, ex-coordenador do Mestrado, que, segundo ela, foi imprescindível na consolidação do novo Programa, propiciando a criação de todas as condições estruturais necessárias para que o projeto pudesse ser pensado e desenvolvido. Ela ainda agradece o empenho do professor-doutor Fernando Brito, atual coordenador do programa de mestrado, que conduziu todo o processo.

Última modificação: Sexta, 18 Dezembro 2015 15:07
Compartilhe: