Mostrando itens por tag: Mostra Afro Brasileira

A Universidade Estadual do Norte do Paraná, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, divulgou três editais para seleção de apresentações culturais, de obras de arte e concurso de fotografias para compor a programação da VII Mostra de Arte e Cultura Afro-Brasileira. As inscrições seguem até 31 de outubro. O evento será realizado de 11 a 30 de novembro em formato online.

A Universidade Estadual do Norte do Paraná, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, divulgou três editais para seleção de apresentações culturais e de obras de arte e concurso de fotografias para compor a programação da VII Mostra de Arte e Cultura Afro-Brasileira. As inscrições para os editais seguem até 27 de outubro. O evento será realizado de 11 a 30 de novembro em formato online.

Realizado de maneira totalmente virtual, entre os dias 16 e 30 de novembro, a sexta edição da Mostra de Arte e Cultura Afro-Brasileira da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) foi um sucesso, marcada por uma programação de alta qualidade. O evento que trouxe questões referentes às relações étnico-raciais, teve como tema “A poética dos terreiros e outras estéticas negras”.

A Universidade Estadual do Norte do Paraná, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, com apoio do NEABI, realizará, de 16 a 30 de novembro, a sexta edição da Mostra de Arte e Cultura Afro-brasileira. O evento, que já tem lugar cativo no calendário acadêmico, contará com exposição virtual, mesa-redonda e sarau da negritude. As atividades serão transmitidas pelo YouTube e redes sociais da Universidade. Os alunos da UENP que se inscreverem receberão certificação gratuita com carga horária de 20 horas.

O Campus de Cornélio Procópio da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) recebeu na noite de terça-feira, 12, a V Mostra de Arte Afro-Brasileira realizada pela UENP em parceria com Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Instituto Federal do Paraná (IFPR). O evento, presenteado com a música e a voz de Vanessa Machado e seus Bambas, de Ourinhos, com a apresentação do Ogã Mestre Capu, e com a exposição das obras dos artistas plásticos André Reis, de Jacarezinho, e Rafaella Martins (Mei Martins), de Curitiba, contou com reflexões da Mãe de Santo Yá Edneia de Iansã, de Cornélio Procópio, sobre Afro-Letramento, que busca desconstruir preconceitos sobre as religiões de matriz africana.