Ementa das Disciplinas

a) Introdução às ferramentas de EAD 

Compreensão da proposta e da estrutura geral do curso, apropriação dos fundamentos e das ferramentas da EAD, a organização do estudo e da pesquisa a partir do ambiente virtual.


b) Educação Ambiental 

Conceito de Educação ambiental; Histórico da Educação ambiental; Concepções epistemológicas da educação ambiental (empírico-analítica; fenomenológico-hermenêutica e crítico-dialética); Movimento ambientalista e educação; Educação ambiental e políticas públicas; Educação ambiental e saneamento básico, Espaços alternativos para ao desenvolvimento da educação ambiental; Pesquisa em educação ambiental.

 

c) Meio Ambiente e Desenvolvimento das Cidades:
Conceitos de economia da natureza, concomitância entre sustentabilidade ambiental e econômica. Ciclos ecossistêmicos dos elementos para a construção de processos circulares. Introdução e conceitos sobre a gestão de fluxo de materiais. Ecoeficiência. Análise do ciclo de vida. Análise da cadeia de suprimentos. Papel do sistema de gestão ambiental na gestão do fluxo de materiais. Produção mais limpa: conceitos, desenvolvimento e estudo de caso. Conceitos de desenvolvimento sustentável, relações entre sociedade e natureza, crescimento econômico e conservação da biodiversidade, impactos socioambientais do desenvolvimento em suas diferentes dimensões (política, econômica, cultural e ambiental), conflitos ambientais e suas escalas de enfrentamento / Gases de efeito estufa (GEE) e mudanças climáticas. Acordos internacionais para mitigação de emissões de GEE. Estratégias de redução de emissões, mercado de carbono. Economia de baixa emissão de carbono. Inventário de GEEs: corporativos, governamentais e pegada de carbono.


d) Diretrizes do Saneamento (Lei nº 11.445/2007):

Políticas públicas e gestão de serviços de saneamento. Relações entre a economia e o meio ambiente: padrões de produção e consumo; análise custo benefício x análise custo efetividade; mecanismos e instrumentos de política ambiental na economia ecológica; ecodesenvolvimento/desenvolvimento sustentável; ecossocioeconomia na sua concepção teórico-metodológica; práticas ecossocioeconômicas. Lei do Saneamento, modelos tarifários,cadeia de valor da Sanepar. Base de negócio da Sanepar: Celebração e renovação de
contratos de concessão e contratos de programa.


e) Ecossocioeconomia e Sustentabilidade:
Apresentar e discutir as relações entre a economia e o meio ambiente: padrões de produção e consumo, análise custo benefício x análise custo efetividade, mecanismos e instrumentos de política ambiental na economia ecológica, ecodesenvolvimento / desenvolvimento sustentável, ecossocioeconomia na sua concepção teórico-metodológica, práticas ecossocioeconômicas. Conceitos de educação ambiental. Bases políticas, filosóficas e científicas. Análise de documentos, convenções e legislação que fundamentam as políticas públicas. Práticas de educação ambiental. Projetos socioambientais.


f) Gestão dos Recursos Hídricos, Mananciais e Reservatórios:
Monitoramento dos recursos hídricos. Parâmetros de monitoramento da qualidade da água. Impactos ambientais em corpos hídricos. Toxicologia aquática. Apresentação de técnicas de análises químicas e físicas da qualidade da água. Gestão de recursos hídricos. Gestão integrada e participativa. Legislação ambiental aplicada à gestão dos recursos hídricos. Impactos da qualidade da água na saúde humana. Uso sustentável dos recursos hídricos. Relação entre qualidade e disponibilidade dos recursos hídricos e a saúde humana e ambiental. Drenagem de águas pluviais urbanas. Políticas de gestão de reservatórios, enfoque de bacia hidrográfica, ferramentas computacionais de modelagem da qualidade da água (1-D, 2-D, 3-D)


g) Tratamento, Abastecimento e Sistemas de Distribuição de Água:
Água, Saúde e Meio Ambiente; Disponibilidade e uso da água, propriedades da água, indicadores de qualidade e padrões de potabilidade da água, fontes de poluição, consequências da poluição e autodepuração; Sistema de tratamento convencional de água de abastecimento; Sistemas avançados de tratamento de água de abastecimento. Perdas em sistemas de abastecimento de água - classificação, indicadores, situação no Brasil e no mundo. Procedimentos para verificação de perdas. Procedimentos para redução de perdas. (Prevenção, Redução e Controle) Gestão de sistemas de abastecimento para a minimização de perdas de água. Modelagem computacional. Dispositivos de controle de pressão. Regras de substituição de tubos. Balanço Hídrico. Perdas aparentes: Mapa de caminho da redução de perdas IWA, Metodologias e ferramentas do IWA. Perdas reais anuais e inevitáveis. Pressão média e tempo média de abastecimento.


h) Tratamento de Águas Residuárias, Esgotos e Emissões Atmosféricas:

Origens da contaminação de corpos hídricos por efluentes provenientes de atividades rurais. Alternativas de tratamento de águas residuárias. Reuso de água. Legislação. Contaminação dos corpos hídricos e saúde humana. Sistemas convencionais de tratamento de águas residuárias. Sistemas avançados de tratamento de águas residuárias. Tecnologias alternativas para o tratamento de águas residuárias. Escalas de reuso - predial, municipal, regional. Reuso urbano. Reuso doméstico. Reuso agrícola. Tecnologias para tratamento de águas residuárias para reuso. Reuso de água: Escalas de reuso - predial, municipal, regional. Reuso urbano. Reuso doméstico. Reuso agrícola. Tecnologias para tratamento de águas residuárias para reuso. Emissões atmosféricas: Principais poluentes atmosféricos (orgânicos e inorgânicos) e seus impactos sobre o meio ambiente e a saúde humana. Fontes de poluição do ar. Monitoramento da qualidade do ar. Legislação. Alternativas tecnológicas para minimizar a poluição atmosférica. Fenômenos atmosféricos e efeitos no clima. Emissões de gases de efeito estufa 

 

i) Gestão de Resíduos Sólidos: Fontes geradoras de resíduos. Principais formas de tratamento de resíduos: tecnologias convencionais e tecnologias limpas. Legislação. Gerenciamento de resíduos perigosos. Gerenciamento de resíduos sob a ótica da minimização: não geração, redução, reutilização e reciclagem. Projetos sustentáveis em tratamento de resíduos. Resíduos sólidos e a saúde humana. Economia circular.Passivos ambientais. Destinação final. Coleta seletiva. Descarte em corpos hídricos. Classificação. Aterros sanitários. Compostagem.


j) Eficiência Energética na Sanepar:
Combustíveis fósseis e suas implicações econômicas, sociais e ambientais. Fontes alternativas e renováveis de energia. Bioenergias: dispositivos de aproveitamento, avaliação qualitativa e aspectos quantitativos. Eficiência energética. Ferramentas de gestão e tecnológicas para otimização da eficiência energética em redes de distribuição de água, incluindo modelagem computacional da operação, microgeração para recuperação de energia, regras de substituição de tubos, regras de bombeamento e armazenamento. Ferramentas de gestão e tecnológicas para otimização da eficiência energética em sistemas de esgoto, incluindo modelagem computacional da operação, microgeração para recuperação de energia, regras de substituição de tubos, regras de bombeamento, bioenergia. Aproveitamento energético de logo e biogás: Produção de lodo e biogás no tratamento de
esgoto. Características físico-químicas. Alternativas de aproveitamento energético. Tecnologias. Estudos de caso de estações de tratamento de esgoto.


k) Direito Ambiental, Licitações e Contratos, Gestão Ambiental (EIA/RIMA),
Licenciamento: Apresentar e discutir os conceitos de capital natural e normatização da questão ambiental, proteção ao meio ambiente na constituição federal, repartição de competências em matéria ambiental, política nacional do meio ambiente e seus principais instrumentos, tutela do risco, responsabilidade civil ambiental: o dano ambiental e a sua reparação, infrações administrativas e crimes ambientais, termos de compromisso e ajustamento de conduta. Adaptação e mudança Lei 8666 para 13303. Discutir as etapas e procedimentos do licenciamento ambiental, apresentar os principais autores envolvidos no processo, competências e jurisdição. Apresentar a forma de seu principal instrumento, o estudo de impacto ambiental. Auditoria ambiental (histórico, conceitos, vantagens e desvantagens). Tipos e Classificação das Auditorias Ambientais. Planejamento e Condução da auditoria ambiental. Instrumentos de auditoria ambiental. Licenciamento ambiental. Zoneamento Ambiental. Atividades licenciadas. Discutir a relevância da observância das normas durante a operação de empreendimento e do cumprimento de condicionantes do licenciamento. Apresentar procedimentos de auditoria ambiental e de obtenção de certificados ISO 9001, 14001.


l) Tendências na Gestão Integrada das Águas Urbanas e Recuperação de Áreas
Degradadas: Tecnologias de baixo impacto. Mecanismos de controle de cheias. Reservatórios de detenção/contenção de cheias, coletores pluviais, pavimentos permeáveis, sistemas de controle de escoamento superficial implantados em telhados, biofiltros lineares, campos drenantes. Gerenciamento de bacias urbanas x limites geopolíticos. Planos diretores. Elementos de macro e micro drenagem. Infiltração em redes. Apresentar os diferentes níveis de degradação ambiental e discutir procedimentos de recuperação adequados para diferentes necessidades frente a legislação vigente para construção de projetos de recuperação de áreas degradadas.

m) Gestão de Lodo (Água e Esgoto):

Lodo gerado durante o tratamento de água e de esgoto, Legislação, Importância do tratamento e da correta, disposição, final do lodo, Características do lodo gerado na ETA, Características do lodo gerado na ETE,Água presente no lodo, Etapas de tratamento de lodo, Disposição final do lodo de ETAs, Disposição final de lodos de ETEs. Aproveitamento dos subprodutos de sistemas de tratamento de efluentes: lodo e biogás.


n) Hidráulica:
Revisão conceitual: Grandezas e unidades de medidas (científicas e práticas); Massa específica, peso específico e densidade; viscosidade absoluta e cinemática; número de Reynolds. Pressão absoluta, manométrica e de vapor; vazão, trabalho e potência; equação da continuidade; teorema de Bernoulli. Condutos forçados: Hazen-Williams; Universal (Darcy-Weisback); condutos em série; condutos em paralelo; problema de 3 reservatórios;
transientes. Sistemas elevatórios I:Tipos de bombas; componentes principais de uma bomba centrífuga; curva de sistema; potência mecânica; potência elétrica; NPSH; cavitação; associação de bombas; poço de sucção e canais.Sistemas elevatórios II: Motores elétricos, principais características; inversores de frequência, princípio de funcionamento e critérios, limitações de aplicação; quadro de comando, principais componentes e tipos de partida.


o) Gestão de Projetos:
Fundamentos, indicadores, planejamento, ferramentas de gestão e projetos sustentáveis. Gestão Estratégica de Projetos na área pública e economia mista. Aspectos particulares de B12projetos de obras em empresa de economia mista. Apresentação das principais metodologias para a gestão estratégica de projetos (Lean, guia PMBOK, IPMA e Scrum). Responsabilidades dos gestores de projetos (linha e fiscais de obras). Obra externa em
cenário público (termo de referência, documentos técnicos, entre outros). Projeto de obra na Sanepar alinhado com o processo de operação.


p) Metodologia Científica
Correlacionar os fundamentos, os métodos e as técnicas de análise presentes na produção do conhecimento científico. Compreender as diversas fases de elaboração e desenvolvimento de pesquisas e trabalhos acadêmicos. Elaborar e desenvolver pesquisas e trabalhos científicos obedecendo às orientações e normas vigentes nas Instituições de Ensino e Pesquisa no Brasil e na Associação Brasileira de Normas Técnicas.


q) Trabalho de Conclusão de Curso – TCC
Organização de trabalhos de pesquisa, Normas técnicas, Orientação de pesquisa, Produção de artigos e relatórios de pesquisa