Vestibular UENP 2021 - 6ª Chamada

 

• Fórum das Licenciaturas da UENP;


• Simpósios de Estágios para troca de experiências e discussões das atuais condições de estágio em cada um dos cursos envolvidos;


• Ciclo de formação com oficinas aos professores da rede, PARFOR, alunos PIBID e licenciandos nos Laboratórios de Ensino, que discutam especialmente a legislação que envolve a formação de professores e a educação básica de forma geral e em suas especificidades: Lei 10.639/03, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9394/96, com as respectivas alterações introduzidas pelas Leis nº 11.274/2006 e nº 11.525/2007, Lei 11.645/08 que trata da construção de uma sociedade anti-racista, justa e igualitária, Lei nº 8.069/1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei nº 10.741/2003 – Estatuto do Idoso, Leis nº 10.048 e nº 10.098, que estabelece normas e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, entre outras.


• Implementação e consolidação dos Laboratórios de Ensino e Interdisciplinares com ações e projetos de Ensino, pesquisa e extensão articulados em cada um dos campi, de acordo com a necessidade específica de cada conjunto de cursos. 


• No campus Jacarezinho será implementado o Laboratório de Aplicação Pedagógica (LAP) que servirá como espaço de suporte aos estágios com produção de materiais didáticos. Serão ofertadas oficinas que integrem professores PARFOR, alunos de estágio, professores da educação básica, PIBID, PDE e demais interessados. Os recursos de custeio do PRODOCÊNCIA serão utilizados a fim de montar no laboratório uma sala interativa com a aquisição de uma lousa interativa digital e demais equipamentos de informática. A implantação dessa Sala de Aula interativa fornecerá suporte tecnológico às atividades de ensino, pesquisa, extensão e de prestação de serviços, desenvolvidas pelo Centro de Letras, Comunicação e Artes e pelo Centro de Ciências Humanas e da Educação da Universidade Estadual do Norte do Paraná - Campus Jacarezinho. Vale destacar que a Sala de Aula Interativa será utilizada não só na formação dos graduandos das licenciaturas envolvidas e na capacitação de professores da Rede Pública, no que tange ao uso das novas tecnologias em sala de aula, mas também na instrumentalização de alunos portadores de necessidades especiais, como cegos, de baixa visão ou surdos, da região de abrangência dessa instituição, para o uso de programas que envolvam a utilização de novas tecnologias. Além do que, sua implantação possibilitará a realização de pesquisas por parte de alunos, professores e pesquisadores, principalmente no que diz respeito ao uso de conteúdos digitais interativos na educação. Será criado um banco de dados digital, que constituirá o acervo do Laboratório e ficará à disposição para consultas, com os materiais didáticos elaborados pelos alunos nas disciplinas de Prática de Ensino e Metodologias ministradas nos cursos de Pedagogia, História, Letras (Português, Inglês, Espanhol e Literatura), Filosofia, Matemática e Ciências Biológicas. Também será discutida a viabilidade da realização de parte do estágio neste espaço não-formal de aprendizagem, bem como, serão realizados grupos de estudos a fim de discutir o estágio, a formação inicial e continuada, bem como o uso de recursos tecnológicos em sala de aula. Serão produzidos materiais para serem disponibilizados nas escolas, e que sirva, de apoio pedagógico a docentes e alunos da educação básica, como por exemplo, planos de aula, atividades lúdicas, propostas de uso de recursos tecnológicos. Esses materiais serão produzidos em conjunto com professores em formação inicial (Alunos de disciplinas de estágio, práticas de ensino e metodologias/PIBID/PARFOR), continuada (PDE) e professores das disciplinas de estágio e práticas de ensino/metodologias.


• No campus Luiz Meneghel será criado um Museu de Biodiversidade no Laboratório de Zoologia, que receberá a visitação de alunos do ensino médio. As visitas ao museu de Biodiversidade levarão os alunos a manusear peças taxidermizadas, esqueletos e outros materiais da nossa biodiversidade com vistas à promover maior entendimento desses organismos e propiciar aos professores de Ciências e Biologia da rede pública de ensino, uma importante ferramenta facilitadora de aprendizagem. As visitas possibilitarão aos licenciandos da UENP o contato direto com os alunos de ensino fundamental e médio, uma vez que as mesmas serão monitoras pelos próprios acadêmicos. Tais atividades poderão inclusive ser utilizadas como avaliação pelos professores das disciplinas de Prática de Ensino. A rotina de visitação ao museu de Biodiversidade será também um estímulo aos alunos de nível médio a se interessarem pelos cursos de licenciatura, pelas descobertas e vivências práticas por ele oportunizadas. O material didático resultante desse projeto fará parte do acervo do museu e irá contribuir para o aprendizado e treinamento dos futuros acadêmicos dos cursos de Ciências Biológicas da UENP, fruto das atividades de manutenção do acervo e preparo de novas peças produzidas pelos licenciandos. Serão produzidos materiais didáticos após os cursos de preparação oferecidos no museu de Biodiversidade, em que se incluem a confecção de catálogos e folders sobre as peças constantes no acervo, bem como informações biológicas relevantes. Poderão ser ofertados cursos de taxidermia aos professores das escolas públicas, de modo que os produtos originados sejam doados às respectivas instituições de ensino. Consolidar os Laboratórios de Ensino existentes com a promoção de projetos de ensino, pesquisa e extensão que articulem a questão do estágio.


• No campus Cornélio Procópio serão realizadas ações formativas que visem contribuir para a formação inicial dos licenciandos em Geografia, Matemática, Letras, Ciências Biológicas e Pedagogia, principalmente atividades relacionados ao Estágio Obrigatório na Educação Básica. Também serão realizados grupos de estudos e fóruns para discussão de temas relevantes às licenciaturas, tendo como temática principal o Estágio Obrigatório, além de oficinas pedagógicas para os licenciandos como parte da Consolidação dos Laboratórios Interdisciplinares de Ensino/aplicação pedagógica. O resultado será a elaboração de materiais didáticos inovadores. Também serão realizados eventos/palestras sobre temas relacionados ao ensino e à formação docente.