GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – Licenciatura / Bacharelado
(Ingressantes a partir de 2020)

APRESENTAÇÃO

O curso de Ciências Biológicas do Campus Luiz Meneghel – Bandeirantes, é organizado e ofertado de forma distinta para os graus de Licenciatura e Bacharelado, cada qual com seu Projeto Pedagógico independente e específico. O início do curso, é unificado, ou seja, organizado como Área Básica de Ingresso – ABI, num total de 50 vagas, e a conclusão é permitida em apenas um dos graus disponíveis. Assim, o curso disponibiliza 50 vagas iniciais e o estudante deve, obrigatoriamente, ao término do terceiro semestre, fazer a OPÇÃO pela Licenciatura ou Bacharelado.

Durante os três primeiros semestres, ambos, licenciandos e bacharelandos realizarão as disciplinas comuns à formação geral do Biólogo no período NOTURNO.

Após a opção pelo grau para continuidade do curso, o estudante seguirá o currículo específico para o grau escolhido, com conclusão de curso e diplomação no respectivo grau.

O estudante que optar pela LICENCIATURA continuará seu curso sempre no período NOTURNO. Já, o estudante que fizer a opção pelo BACHARELADO cursará os três primeiros semestres no período noturno as disciplinas de núcleo comum, porém nesse período deverá cumprir disciplinas eletivas, que acontecerão em período integral, e nos demais semestres, as disciplinas obrigatórias poderão acontecer nos períodos MATUTINO, VESPERTINO ou NOTURNO.

Além disso, o estudante poderá cursar disciplinas do currículo oposto, como componentes optativos, possibilitando ao mesmo a obtenção futura do SEGUNDO GRAU, sem, no entanto, haver possibilidade da dupla formação de forma simultânea.

O acadêmico do curso de Ciências Biológicas poderá realizar outras atividades formativas em caráter não obrigatório tais como o Estágio Supervisionado não Obrigatório. Sugere-se aos estudantes que almejem exercer as funções credenciadas pelas Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) e Termos de Responsabilidade Técnica (TRT) normatizadas pelo Conselho Federal de Biologia (CFBio), que realizem tais atividades extracurriculares ao longo do curso, de forma a aprofundar seus conhecimentos nas áreas de interesse de futura atuação.

As áreas de interesse de futura atuação são: Meio Ambiente, Saúde ou Biotecnologia. É importante saber que a carga horária cursada relativa a cada área é considerada pelo CFBio para a concessão de credenciamento.

Para a área da licenciatura, o acadêmico será um futuro professor de Ciências e/ou Biologia, habilitado a lecionar predominantemente nos níveis Fundamental II e Médio, como também no Ensino Superior.

Uma vez concluído um dos graus (Licenciatura ou Bacharelado), o reingresso para conclusão de outro grau, quando de interesse, deve ocorrer pelos processos seletivos próprios institucionais, dentre eles: Vestibular, Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou Portador de Diploma.; Há possibilidade de aproveitamento de estudos dos componentes cursados no grau anterior, podendo eventualmente, integralizar o novo grau em período mínimo inferior a 04 (quatro) anos, de acordo com as normas acadêmicas da UENP.

 

HISTÓRICO DO CURSO

O Curso de Graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura/Bacharelado, foi autorizado a funcionar pelo Decreto Estadual nº 737, com implantação da primeira turma em 2000. Em 2004 foi reconhecido pelo Decreto Estadual nº 3.078. A última Renovação de Reconhecimento ocorreu por meio do Decreto Estadual nº 6.215 de 13 de Fevereiro de 2017 para modalidade Bacharelado e por meio do Decreto Estadual nº 6.645 de 12 de Abril de 2017 para modalidade Licenciatura, válidas pelo prazo de 5(cinco) anos.

 

PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO

O perfil do egresso do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas deve ter formação sólida nas áreas de conhecimentos gerais de atuação do profissional Biólogo conforme definido pelo Conselho Federal de Biologia (CFBio), e deve ainda ter conhecimento e aprofundamento nos preceitos pedagógicos e na vivência da prática docente. Deve estar apto a compreender, contextualizar e modificar a realidade de nossa sociedade, trazendo equidade ao acesso à educação. Tal perfil está fundamentado nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para os Cursos de Graduação em Ciências Biológicas e para as Licenciaturas. Segundo o preconizado pelo CFBio, o Licenciado em Ciências Biológicas tem como mercado de trabalho o ensino de Ciências e Biologia nos diferentes níveis, atuando predominantemente no Ensino Básico. O licenciado (professor de Ciências e/ou Biologia) deve ter convicção do poder da educação como instrumento de transformação social, devendo estar preparado para avançar em direção à qualidade, aliando os diferentes saberes docentes.

Por fim, o egresso em Licenciatura em Ciências Biológicas deverá:

a) apresentar uma visão integral e integrada da Biologia, e das relações desta com outras ciências, que o permita compreendê-la melhor e, associadas a uma postura crítica e espírito criativo, agir com autonomia;

b) apresentar uma compreensão histórico-filosófica das Ciências Biológicas e do seu significado no contexto sócio-político-econômico que o permita conscientizar-se da realidade que vai atuar e de ser agente transformador desta realidade, buscando a melhoria da qualidade de vida da população;

c) ser detentor de fundamentação teórica adequada como base para ações competentes no seu campo de atuação profissional e exercício da cidadania, e que o permita adaptar-se à dinâmica do mercado de trabalho em contínua transformação;

d) atuar com comprometimento com os propósitos políticos e sociais da educação, com consciência do seu papel na formação de cidadãos;

e) ser comprometido com a atualização profissional constante, assumindo uma postura de flexibilidade e disponibilidade para mudanças;

f) ter o entendimento do processo histórico de construção do conhecimento na área de Ciências Biológicas, no que diz respeito a conceitos, princípios e teorias, consciente da necessidade de produzir, divulgar e aplicar o conhecimento no seu cotidiano de trabalho e de cidadão;

g) ser consciente da necessidade de atuar em prol da biodiversidade de forma a permitir o atendimento das necessidades básicas do homem em harmonia com a natureza e da manutenção do planeta vivo.

h) ser consciente da sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional;

i) ser comprometido com os resultados da sua atuação, que paute sua conduta por critérios humanísticos e de rigor científico, bem como por referenciais éticos e legais;

j) educar para a cidadania e em prol da democratização da educação.

 

O perfil do egresso do curso de Bacharelado em Ciências Biológicas é definido pelas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para os Cursos de Ciências Biológicas, Parecer CNE/CES 1.301/2001, como transcrito:

“O Bacharel em Ciências Biológicas deverá ser:

a) generalista, crítico, ético e cidadão com espírito de solidariedade;

b) detentor de adequada fundamentação teórica, como base para uma ação competente, que inclua o conhecimento profundo da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem;

c) consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em prol da conservação e manejo da biodiversidade, políticas de saúde, meio ambiente, biotecnologia, bioprospecção, biossegurança, gestão ambiental, tanto nos aspectos técnico-científicos, quanto na formulação de políticas, de modo a se tornar agente transformador da realidade presente, na busca de melhoria da qualidade de vida;

d) comprometido com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critério humanísticos, compromisso com a cidadania e rigor científico, bem como por referenciais éticos legais;

e) consciente de sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional;

f) apto a atuar multi e interdisciplinarmente, adaptável à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua do mesmo;

g) preparado para desenvolver ideias inovadoras e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação”.

O egresso deverá estar apto a:

a) Pautar-se por princípios da ética democrática: responsabilidade social e ambiental, dignidade humana, direito à vida, justiça, respeito mútuo, participação, responsabilidade, diálogo e solidariedade;

b) Reconhecer formas de discriminação racial, social, de gênero ou qualquer forma de exclusão , posicionando-se diante delas de forma crítica, com respaldo em pressupostos epistemológicos coerentes e na bibliografia de referência;

c) Atuar em pesquisa básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências Biológicas, comprometendo-se com a divulgação dos resultados das pesquisas em veículos adequados, para ampliar a difusão e ampliação do conhecimento;

d) Portar-se como educador, consciente de seu papel na formação de cidadãos, inclusive na perspectiva socioambiental;

e) Utilizar o conhecimento sobre organização, gestão e financiamento da pesquisa, com respaldo na legislação e políticas públicas referentes à área;

f) Entender o processo histórico de produção do conhecimento das Ciências Biológicas referente a conceitos, princípios e teorias;

g) Estabelecer relações entre ciência, tecnologia e sociedade;

h) Aplicar a metodologia científica para o planejamento, o gerenciamento e a execução de processos e técnicas visando o desenvolvimento de projetos, perícias, consultorias, emissão de laudos, pareceres, em diferentes contextos;

i) Utilizar os conhecimentos das Ciências Biológicas para compreender e transformar o contexto sociopolítico e as relações nas quais está inserida a prática profissional, conhecendo a legislação pertinente;

j) Desenvolver ações estratégicas capazes de ampliar e aperfeiçoar as formas de atuação profissional, preparando-se para a inserção no mercado de trabalho em contínua transformação;

k) Orientar escolhas e decisões em valores e pressupostos metodológicos alinhados com a democracia, com o respeito à diversidade étnica e cultural, às culturas autóctones e à biodiversidade;

l) Atuar multi e interdisciplinarmente, interagindo com diferentes especialidades e diversos profissionais, de modo a estar preparado a contínua mudança do mundo produtivo;

m) Avaliar o impacto potencial ou real de novos conhecimentos, tecnologias, serviços e produtos resultantes da atividade profissional, considerando os aspectos éticos, sociais e epistemológicos;

n) Comprometer-se com o desenvolvimento profissional constante, assumindo uma postura de flexibilidade e disponibilidade para mudanças contínuas, esclarecido quanto às opções sindicais e corporativas inerentes ao exercício profissional.

 

CAMPOS DE ATUAÇÃO

O profissional Biólogo possui um campo de atuação amplo e diversificado, podendo atuar em várias áreas e sub-áreas da Biologia. Os tipos de atividades que cada profissional Biólogo poderá exercer e seu campo de atuação específico é definido pelo “currículo efetivamente realizado”. São elas: prestação de serviços;, proposição de estudos;, projetos de pesquisa e/ou serviços;, execução de análises laboratoriais e para fins de diagnósticos;, estudos e projetos de pesquisa;, de docência;, de análise de projetos/processos e de fiscalização;, consultorias e assessorias técnicas;, coordenação/orientação de estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços; supervisão de estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços;, emissão de laudos e pareceres; realização de perícias; ocupação de cargos técnico-administrativos em diferentes níveis e atuação como Responsável Técnico (TRT).

O Licenciado em Ciências Biológicas será formado para desempenhar as seguintes atividades: atuar profissionalmente no exercício do magistério do Ensino Fundamental II e Médio; lecionar Ciências, Biologia e Disciplinas Biológicas Profissionalizantes nas redes oficiais e privadas de ensino; trabalhar em Laboratórios (de centro de qualidades e análises); trabalhar em Instituições de pesquisas puras e aplicadas, vinculadas ou não às Universidades; atuar junto à área de Ciências Ambientais associados às Organizações Não Governamentais (ONGs).

 

PROPOSTA PEDAGÓGICA EM VIGOR

A proposta pedagógica atual será implantada em 2020, sendo suas principais características:

Curso: Graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura

Carga Horária: 3.220 horas

Turno: Noturno

Regime: Seriado Semestral

Vagas: 25

Período de integralização: Mínimo de 04 (quatro) e Máximo de 06 (seis) anos.

Modalidade: Presencial

 

Curso: Graduação em Ciências Biológicas – Bacharelado

Carga Horária: 3.615 horas

Turno: Integral

Regime: Seriado Semestral

Vagas: 25

Período de integralização: Mínimo de 04 (quatro) e Máximo de 06 (seis) anos

Modalidade: Presencial

 

CONTATOS:

Coordenador: Priscila Caroza Frasson Costa – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Vice Coordenador: Marco Antônio Zanoni - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coordenador de Estágio de Licenciatura: Juliane Priscila Diniz Sachs – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coordenador de Estágio de Bacharelado: Roberta Ekuni de Souza - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Representantes docentes:

Juliane Priscila Diniz Sachs

Roberta Ekuni de Souza

Representante discente:

Ellen Mayara Souza Cruz
Jader Almeida de Barros Silva
Matheus Ribas de Almeida
Murillo Di Angelis Aguilera

 

Fone: (43) 3542-8042

 


GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – Licenciatura / Bacharelado
(Ingressantes até 2019)

 

APRESENTAÇÃO

Com habilitação em Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas o curso é realizado em período diurno.

A habilitação em Bacharelado visa desenvolver profissionais que apresentem visão abrangente de iniciação científica, com aptidão para formular e elaborar estudos, projetos ou pesquisa científica básica e aplicada, nos vários setores da Biologia ou a ela ligados.

A Licenciatura tem como objetivo preparar esse mesmo profissional, capaz e competente tecnicamente, para o ensino de Ciências e Biologia no Ensino Fundamental e Médio, através de formação complementar na área pedagógica.

No Campus Luiz Meneghel - Bandeirantes, o curso de Ciências Biológicas tem ênfase em Botânica, no entanto, existem diversos projetos sendo desenvolvidos pelos professores e graduandos nas diferentes áreas de atuação do biólogo como genética, zoologia, ecologia e morfologia além da área educacional.

 

HISTÓRICO DO CURSO

O Curso de Graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura/Bacharelado, foi autorizado a funcionar pelo Decreto Estadual nº 737, com implantação da primeira turma em 2000. Em 2004 foi reconhecido pelo Decreto Estadual nº 3.078. A última Renovação de Reconhecimento ocorreu através do Decreto Estadual nº 6.215 de 13 de Fevereiro de 2017 para modalidade Bacharelado e através do Decreto Estadual nº 6.645 de 12 de Abril de 2017 para modalidade Licenciatura, válidas pelo prazo de 5(cinco) anos.

 

PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO

O Licenciado em Ciências Biológicas deverá:

1) estar preparado para promover o desenvolvimento dos estudantes mediante situações de aprendizagem que possibilitem a compreensão do universo físico, social e moral, viabilizando o acesso aos saberes socialmente construídos, o desenvolvimento do pensamento crítico, autônomo e criativo, contribuindo para a formação de cidadãos conscientes e ativos;

2) ser um educador, co-responsável pelo aperfeiçoamento do processo educativo e crítico dos processos históricos da evolução da educação e principalmente das políticas educacionais ora vigentes nos âmbitos estadual e federal;

3) implementar a prática e a reflexão científica na vida escolar e social dos estudantes do ensino fundamental e médio, incentivando projetos curriculares voltados para a temática científico tecnológica das áreas de Ciências e Biologia;

4) estar capacitado para o exercício do trabalho do profissional de Ciências Biológicas em todas as suas dimensões, o que se supõe pleno domínio da natureza do conhecimento biológico e, deverá:

a) ser generalista, crítico, ético, e cidadão com espírito de solidariedade;

b) ser detentor de adequada fundamentação teórica, como base para uma ação competente, que inclua o conhecimento profundo da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem;

c) estar consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em prol da conservação e manejo da biodiversidade, políticas de saúde, meio ambiente, biotecnologia, bioprospecção, biossegurança, gestão ambiental, tanto nos aspectos técnico-científicos, quanto na formulação de políticas e de se tornar agente transformador da realidade presente na busca de melhoria da qualidade de vida;

d) estar comprometido com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critérios humanístico, compromisso com a cidadania e rigor científico, bem como por referenciais éticos legais;

e) estar consciente de sua responsabilidade como educador nos vários contextos de atuação profissional;

f) estar apto a atuar multi e interdisciplinarmente, adaptável à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua do mesmo;

g) estar preparado para desenvolver ideias inovadoras e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação.

 

O Bacharel em Ciências Biológicas deverá:

1) observar o ambiente com uma atitude permanente de investigação;

2) ter uma visão crítica sobre problemas de ordem biológica e saiba interpretar as relações entre a natureza e a ciência;

3) pautar-se pelos princípios da ética: responsabilidade, dignidade humana, direito à vida, diálogo solidariedade e justiça;

4) possuir a capacidade de avaliação do impacto potencial ou real de novos conhecimentos e tecnologias, bem como serviços e produtos resultantes da atividade profissional;

5) possuir uma fundamentação teórica adequada e atualizada na qual inclua o conhecimento da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem;

6) estar apto a atuar na pesquisa científica básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências Biológicas; bem como para o planejamento, gerenciamento e execução de processos e técnicas visando o desenvolvimento de projetos, perícias, assessorias, consultorias, emissão de laudos técnicos, inventários, pareceres, nas diferentes áreas de Ciências Biológicas.

7) estar preparado para atuar no Ensino Superior;

8) estar apto para atuar em pesquisa básica e aplicada nos Institutos de Pesquisa, Fundações, Autarquias, Organizações não Governamentais, Indústrias, Secretarias de Estado e, Prefeituras, consultorias e assessorias a Empresas, etc. e, estará apto a, ingressar nos cursos de Pós-graduação em Ciências Biológicas e áreas congêneres;

9) estar capacitado ao exercício do trabalho do profissional de Ciências Biológicas em todas as suas dimensões, o que se supõe pleno domínio da natureza do conhecimento biológico, e deverá:

a) ser generalista, crítico, ético, e cidadão com espírito de solidariedade;

b) ser detentor de adequada fundamentação teórica, como base para uma ação competente, que inclua o conhecimento profundo da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem;

c) estar consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em prol da conservação e manejo da biodiversidade, políticas de saúde, meio ambiente, biotecnologia, bioprospecção, biossegurança, na gestão ambiental, tanto nos aspectos técnico-científicos, quanto na formulação de políticas e de se tornar agente transformador da realidade presente, na busca de melhoria da qualidade de vida;

d) estar comprometido com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critérios humanísticos, compromisso com a cidadania e rigor científico, bem como por referenciais éticos legais;

e) estar consciente de sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional;

f) estar apto a atuar multi e interdisciplinarmente, adaptado à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua do mesmo;

g) estar preparado para desenvolver ideias inovadoras e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação.

 

CAMPOS DE ATUAÇÃO

O profissional Biólogo possui um campo de atuação muito amplo e diversificado, podendo atuar em uma grande quantidade de áreas e sub-áreas da Biologia. Os tipos de atividades que cada profissional Biólogo poderá exercer e seu campo de atuação específico é definido pelo “currículo efetivamente realizado”. São elas: Prestação de Serviços, Proposição de estudos, projetos de pesquisa e/ou serviços, Execução de análises laboratoriais e para fins de diagnósticos, estudos e projetos de pesquisa, de docência de análise de projetos/processos e de fiscalização, Consultorias/assessorias técnicas, Coordenação/orientação de estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços, Supervisão de estudos/projetos de pesquisa e/ou serviços, Emissão de laudos e pareceres, Realização de perícias, Ocupação de cargos técnico-administrativos em diferentes níveis e Atuação como responsável técnico (TRT).

O Licenciado em Ciências Biológicas será formado para desempenhar as seguintes atividades: atuar, profissionalmente, no exercício do magistério do ensino fundamental e médio, pode lecionar Ciências, Biologia e Disciplinas Biológicas Profissionalizantes nas redes oficiais e privadas de ensino; trabalhar em Laboratórios (de centro de qualidades e análises); trabalhar em Instituições de pesquisas puras e aplicadas, vinculadas ou não às Universidades; atuar junto à área de Ciências Ambientais associados às organizações não governamentais (ONGs).

 

PROPOSTA PEDAGÓGICA EM VIGOR

A proposta pedagógica atual foi implantada em 2013, sendo suas principais características:

Curso: Graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura/Bacharelado

Carga Horária: 4.745 horas

Turno: Integral.

Regime: Seriado Anual

Vagas: 50

Período de integralização: Mínimo de 05 (cinco) e Máximo de 08 (oito) anos.

Modalidade: Presencial

 

CONTATOS:

Coordenador: Priscila Caroza Frasson Costa – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Vice Coordenador: Marco Antônio Zanoni - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coordenador de Estágio de Licenciatura: Juliane Priscila Diniz Sachs – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coordenador de Estágio de Bacharelado: Roberta Ekuni de Souza - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Representantes docentes:

Juliane Priscila Diniz Sachs

Roberta Ekuni de Souza

Representante discente:

Ellen Mayara Souza Cruz
Jader Almeida de Barros Silva
Matheus Ribas de Almeida
Murillo Di Angelis Aguilera

 

Fone: (43) 3542-8042