ETAs da UENP promovem 2º Dia de Imersão em Cornélio Procópio

Terça, 09 Julho 2019 09:48 por Editor da Comunicação Social
Segunda edição do Dia de Imersão aconteceu no Campus de Cornélio Procópio no formato "open house". Foto: Micayla Mead Segunda edição do Dia de Imersão aconteceu no Campus de Cornélio Procópio no formato "open house". Foto: Micayla Mead

A Assistentes do Ensino de Inglês (English Teaching Assistants - ETAs) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) realizaram a segunda edição do Immersion Day. Desta vez, o encontro foi realizado no Campus de Cornélio Procópio, durante a tarde do sábado, 29 de junho.

As ETAs Micayla Mead, Clara Goebel, Abby Arndt, Lexi Barta, Cecilia Pepper e Shelby Abbott conduziram uma tarde de atividades multidisciplinares que trouxeram mais liberdade aos participantes para circular entre os exercícios do uso de inglês. Cerca de 30 membros da comunidade fizeram parte do Dia de Imersão, desenvolvido junto à Coordenadoria de Relações Internacionais da UENP.

O diferencial desta edição foi o formato mais flexível “Open house”, no qual não havia hora fixa de início e fim das atividades, como destaca a assistente Cecilia Pepper. “Os estudantes podiam ir e vir da forma como quisessem. Havia seis estações: Check-in, Hotel, Aluguel de carro, Balada, Restaurante e Museu. Tentamos simular as experiências que eles teriam nos EUA, proporcionando a prática de inglês nesses ambientes”, relata.

A instrutora Abby Arndt conta mais detalhes sobre as experiências imersivas proporcionadas nas estações. “Na estação Check-in, os participantes recebiam seus passaportes falavam com os oficiais da alfândega. Na estação Hotel, os estudantes participaram de um bingo com vocabulário relacionado ao local. Cada estação tinha um objetivo diferente de aprendizado”, diz.

“Montamos atividades de canto e dança para a estação Balada e outras atividades muito interessantes com características próprias. É importante destacar o trabalho dos professores do Paraná Fala Inglês (PFI) e do CCP que incentivaram os alunos a participar do dia de imersão, praticar, falar e aprender. Não teríamos conseguido sem eles. Já estamos animadas para a próxima edição”, menciona a ETA Shelby Abbott.

A ETA Lexi Barta, que atua regularmente em Cornélio Procópio, acredita que a segunda edição do dia de imersão já permitiu um contato mais próximo com os estudantes. “Acredito que ajuda bastante já conhecer os estudantes pessoalmente. Hoje já sei seus níveis de proficiência e seus estilos de aprendizado. Tudo isso ajuda em planejar as atividades e seus respectivos níveis de dificuldade para cada grupo”, afirma.

A assistente Clara Goebel afirma que sentiu orgulho do trabalho desenvolvido com os estudantes. “Uma experiência muito divertida. Fiquei orgulhosa e feliz por ver como eles estavam empenhados e engajados com a prática de inglês, mesmo com os diferentes níveis de habilidade na língua. Os alunos foram muito abertos a nos ouvir e a ajudar uns aos outros”, relembra.

“Com esse estilo de experiência ‘Open house’, nós tentamos aplicar situações da vida real aos participantes com a intenção de prepará-los com vocabulário adequado para usar suas habilidades em inglês com confiança e clareza”, afirma a ETA Micayla Mead, destacando a liberdade dos estudantes para transitar entre atividades e aproveitar o máximo de cada uma.

Para a coordenadora de Relações Internacionais da UENP, professora dra Eliane Segati Rios Registro, o trabalho desenvolvido pelas ETAs tem sido exemplar, com destaque aos dias de imersão. “Os eventos são detalhadamente planejados, discutidos e aprovados pela CRI. Os dias de imersão têm um imenso valor, principalmente pelo seu caráter multidisciplinar e multicultural, proporcionando a integração da comunidade interna e externa da Uenp com as nossas assistentes de ensino americanas”, conclui.

 

 

Última modificação: Terça, 09 Julho 2019 11:50
Compartilhe: