Encontro discute ética em pesquisa com seres humanos na UENP

Quarta, 21 Agosto 2019 11:54 por Editor da Comunicação Social
Mais de 250 pessoas se inscreveram para o II Encontro do CEP no Campus Jacarezinho Mais de 250 pessoas se inscreveram para o II Encontro do CEP no Campus Jacarezinho

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) realizou a segunda edição do Encontro do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos. O evento aconteceu nos dias 19 e 20 de agosto no PDE do Campus Jacarezinho com palestras à comunidade e capacitações aos membros do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (CEP) da UENP.

O evento teve como público alvo a comunidade acadêmica e a comunidade externa, e buscou ser um espaço de compartilhamento de experiências e conhecimento entre o CEP e seus usuários. Na manhã do dia 19, a professora Etiane Caloy Bovkalovski ministrou capacitação aos membros do CEP da UENP. Etiane é membro permanente da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep).

Durante a tarde, aconteceu a abertura oficial do evento. A coordenadora do CEP, professora Érica Patente Nascimento, comentou sobre a relevância do encontro para a comunidade. “Nosso evento tem uma função educativa, assim como o CEP. Queremos promover a formação continuada dos pesquisadores da UENP e garantir a segurança dos usuários de nossas pesquisas. Com este encontro, colocamos o Comitê em contato com a nossa comunidade, em uma interação muito bem-sucedida”, destacou.

A diretora de pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPG), Christiane Luciana da Costa, fez agradecimentos e elogiou a organização do encontro. “O CEP tem importância fundamental para a pesquisa na UENP. Ele não é apenas um instrumento para o cumprimento de exigências legais, mas também um órgão que assegura a proteção ética e legal tanto aos nossos pesquisadores, como para as pessoas que participam das pesquisas da Universidade”, afirmou.

“O Brasil é uma referência em ética em pesquisa com seres humanos. Por isso, é grande o desafio dos comitês de ética para instruir sobre o modo correto de se elaborar um projeto de pesquisa. Tudo isso já comprova a importância do órgão. No CEP, os membros se colocam acima de interesses corporativos, predileções pessoais e crenças religiosas para preconizar o bem-estar das pessoas, sobretudo. Sem ética, a pesquisa prejudica os seres humanos”, defendeu o diretor do Campus Jacarezinho,  Fábio Antonio Neia Martini. 

Também presente, o vice-reitor da UENP, Fabiano Gonçalves Costa, relatou a satisfação de prestigiar o encontro do CEP. “O Comitê vem para enriquecer a nossa Universidade, tornando nossa pesquisa mais fidedigna e cada vez mais ética. A cada ano, aprimoramos os padrões de qualidade de ensino, pesquisa e extensão em nossa Instituição. Por essas e outras razões, zelamos tanto pelos nossos Comitês de Ética”, declarou Fabiano Costa, ao também mencionar o Comitê de Ética com Pesquisas em Animais da UENP.

As palestras compreenderam os seguintes temas: “A pesquisa com seres humanos a partir da resolução 510/16 do CNS”; “A pesquisa nas Ciências Humanas”; “Quais pesquisas precisam ser submetidas ao CEP?”; “Qual o papel do Comitê de Ética em Seres Humanos?”; “O direito de ser participante de pesquisa: riscos e benefícios e Estruturando um Projeto de Pesquisa em Seres Humanos”.

Além das autoridades que fizeram o uso da palavra, a mesa diretiva também contou com a presença do diretor do Campus de Cornélio Procópio, Thiago Alves Valente; vice-diretor do Campus Jacarezinho, Maurício de Aquino; do diretor de acompanhamento acadêmico da PROGRAD, Raphael Gonçalves de Oliveira; o diretor do CCS do Campus de Jacarezinho, Fabrício Jassi; de uma das coordenadoras do Encontro do CEP,  Berlis Ribeiro dos Santos Menossi; sa representante dos usuários do CEP, Flávia Aparecida Silva, e da professora Etiane Caloy Bovkalovski.

Realizado pela UENP com apoio da Fundação Araucária, o II Encontro do CEP também contou com o apoio da Prefeitura de Jacarezinho e da Certano Alimentos. 

Compartilhe: