Comissão conclui debates sobre elaboração do novo Estatuto da UENP

Quarta, 25 Setembro 2019 11:25 por Assessoria de Comunicação Social
Conferência Estatuinte, presidida pelo vice-reitor da UENP, Fabiano Gonçalves Costa, foi formada por 36 delegados, sendo 12 de cada Campus da UENP Conferência Estatuinte, presidida pelo vice-reitor da UENP, Fabiano Gonçalves Costa, foi formada por 36 delegados, sendo 12 de cada Campus da UENP

A Conferência Estatuinte da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) encerrou seus trabalhos na tarde de sexta-feira, 20 de setembro. Com a conclusão das discussões, foi finalizada a elaboração de sugestões para o novo Estatuto da Universidade, em um debate iniciado em 2016.

A minuta aprovada pela Conferência segue para deliberação do Conselho Universitário (Consuni), órgão colegiado superior com poder para alterar o Estatuto da Universidade. A Comissão reuniu em um documento com 93 páginas todas as sugestões de alteração do Estatuto feitas por membros da comunidade através de formulário público na internet ao longo de um ano. Individualmente, as sugestões foram debatidas pelos 36 delegados da Conferência Estatuinte.

Para o vice-reitor da UENP e presidente da Comissão Estatuinte, Fabiano Gonçalves Costa, as alterações no Estatuto tornam o documento mais adequado para a realidade atual da Instituição. “O Estatuto ainda vigente serviu muito bem para o momento em que foi elaborado, no qual a Universidade nascia da união das antigas faculdades. Agora, 13 anos depois, a UENP já se consolidou institucionalmente e os desafios são outros. O novo Estatuto vem para nos fortalecer diante deste novo cenário”, pontua.

A Conferência Estatuinte foi formada por 36 delegados, sendo 12 de cada Campus da UENP (Bandeirantes, Cornélio Procópio e Jacarezinho), divididos igualmente entre agentes universitários, estudantes e docentes. A minuta será encaminhada oficialmente ao Conselho Universitário, que irá deliberar sobre todos os itens.

Última modificação: Segunda, 30 Setembro 2019 18:27
Compartilhe: