Ciência sem Fronteiras anuncia novas chamadas para graduação-sanduíche

Segunda, 04 Novembro 2013 14:14
As professoras Eliane Segati (esq.) e Hiudéa Boberg (dir.) acompanhadas de candidatos à vaga no Programa Ciência Sem Fronteiras As professoras Eliane Segati (esq.) e Hiudéa Boberg (dir.) acompanhadas de candidatos à vaga no Programa Ciência Sem Fronteiras

O Programa Ciência sem Fronteiras anunciou novas chamadas para graduação-sanduíche. Ao todo são 20 países de destino: Reino Unido, Bélgica, Canadá, Holanda, Finlândia, Austrália, Nova Zelândia, Coréia do Sul, Espanha, EUA, Alemanha, França, Itália, Suécia, Noruega, Irlanda, China, Hungria, Japão, Áustria. As inscrições vão até o dia 29 de novembro.

 Os acadêmicos interessados na mobilidade discente participaram, no dia 30 de outubro, de uma pré-seleção realizada pela coordenação geral do Programa Ciência sem Fronteiras da UENP, professora-mestra Eliane Segati Rios Registro, juntamente com a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, professora-doutora Hiudéa Tempesta Rodrigues Boberg.

Estiveram na reunião, que aconteceu na sala dos conselhos da reitoria, alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Sistemas de Informação, Medicina Veterinária, Geografia e Agronomia. Segundo a professora Eliane, o encontro foi um momento importante para dirimir as dúvidas dos candidatos quanto ao processo de inscrição, seleção e envio de documentos, além de conhecerem um pouco mais sobre as potencialidades do intercâmbio por meio dos relatos de alunos que já foram contemplados pelo Programa.

O reitor em exercício da UENP, Rinaldo Bernardelli Junior, acompanhou o início da reunião e destacou que "Esses jovens estão dispostos a ser alguém na vida, a serem melhores amanhã do que são hoje, buscando conhecimento e qualificação profissional". Rinaldo salientou ainda que "Para a UENP, participar do Ciência Sem Fronteiras é uma grande satisfação". Lembrando os trabalhos desenvolvidos pela professora Eliane Segatti, elogiou: "Quero ressaltar o empenho da professora Eliane, que desenvolve um trabalho maravilhoso, praticamente, voluntário. Ela é uma pessoa que serve de exemplo de comprometimento para a instituição".

Entre os requisitos obrigatórios para todas as chamadas estão obter nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) igual ou superior a 600 pontos, em exames realizados no período de 2009 a 2013, apresentar teste de proficiência no idioma aceito pela instituição de destino e ter integralizado no mínimo 20% e, no máximo, 90% do currículo previsto para seu curso, no momento do início previsto da viagem de estudos. É necessário também cursar uma das áreas contempladas pelo programa (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/areas-contempladas).

A bolsa concedida aos candidatos selecionados custeará a permanência do aluno pelo período de até doze meses para realização de estudos em tempo integral. Na China, a permanência é de até 24 meses, incluindo um estágio linguístico. Parte deste período poderá ser dedicada a estágio profissional ou científico-tecnológico em empresas, instituições de ensino ou centros de pesquisa no país de destino.

Além da mensalidade na moeda local, são concedidos auxílio instalação, seguro-saúde, auxílio deslocamento para aquisição de passagens aéreas e auxílio material didático, para compra de computador portátil ou tablet.

Os alunos que desejarem participar do Programa e que não estiveram presentes na pré-seleção deverão entrar em contato com a coordenação do Programa pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais informações: 

www.uep.edu.br/csf

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Última modificação: Quarta, 06 Novembro 2013 09:41
Compartilhe: