Estudantes de enfermagem da Espanha realizam intercâmbio na UENP

Segunda, 09 Setembro 2019 11:33 por Editor da Comunicação Social
Idoia e Ainhoa estão atuando na Clínica Multidisciplinar de Enfermagem da UENP, em Bandeirantes. Idoia e Ainhoa estão atuando na Clínica Multidisciplinar de Enfermagem da UENP, em Bandeirantes.

As estudantes do último ano de Enfermagem da Universidad Pública de Navarra (Espanha), Ainhoa Cabrerizo e Idoia Donazar, estão realizando intercâmbio na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). As acadêmicas, que chegaram no começo de agosto, estão atuando na Clínica de Enfermagem da Universidade, no Campus Luiz Meneghel de Bandeirantes.

“As estudantes espanholas trazem consigo um rigor na atuação profissional que é impressionante. Estão no último ano da faculdade, mas já podem ser consideradas praticamente enfermeiras. Elas se destacam na dedicação à profissão e aos pacientes, do início ao fim das consultas e até mesmo no registro dos prontuários”, relata o diretor da Clínica de Enfermagem da UENP, professor-doutor Ricardo Castanho.

“A Enfermagem na Espanha se baseia em uma teoria diferente da Enfermagem brasileira, por isso eu acredito que as meninas trazem uma grande contribuição também aos nossos estudantes. Por outro lado, os enfermeiros no Brasil possuem autonomia para realizar mais procedimentos do que os colegas espanhóis. Por isso, eu acredito que Ainhoa e Idoia também levam a nossa contribuição de volta para casa”, acrescenta.

“Eu sempre tive vontade de ir para a América Latina e conhecer a realidade da saúde no continente. Por isso escolhi o Brasil. Comparada às outras cidades que eu poderia escolher, a região de Bandeirantes era a que oferecia mais segurança, por isso, decidi vir para cá. Eu estou bastante satisfeita com o que encontrei aqui e estou aprendendo muito. Fui muito bem recebida por todos os colegas, professores e tenho um ótimo contato com os pacientes. Como na Espanha não existem clínicas de Enfermagem, eu estou tendo novas experiências”, descreve a estudante Ainhoa Cabrerizo, de 21 anos.

“Desde o primeiro dia fomos muito bem acolhidas por professor Ricardo, os demais colegas do curso de Enfermagem e também pela equipe da Clínica, por isso, nossas expectativas têm sido atendidas. Como a nossa profissão na Espanha é mais limitada do que aqui, acredito que ao voltar para lá, nosso conhecimento será frutífero. Lá nós não podemos fazer prescrições ou interpretar eletrocardiogramas, por exemplo. São procedimentos que estamos estudando e aprendendo aqui”, narra a acadêmica de Enfermagem da Universidade Pública de Navarra, Idoia Donazar, de 20 anos. 

Durante a tarde de quinta-feira, 5 de setembro, as estudantes espanholas realizaram a consulta de enfermagem do senhor Luiz Carlos de Oliveira, de 60 anos sob a supervisão do professor Ricardo Castanho. Ele, que tem o pé parcialmente amputado em decorrências de complicações do Diabetes, faz acompanhamentos com o professor Castanho há cerca de 13 anos. “Sempre sou muito bem tratado por todo mundo que me atende aqui. Não tenho medo, sei que todas as estudantes são muito bem capacitadas”, afirma.

“Estamos muito felizes em tê-las aqui e é a primeira vez que recebemos alunas de Enfermagem para esta experiência. Durante meses nos reunimos com os professores do curso para planejar este intercâmbio de forma que as alunas se sentissem bem aqui e pudessem trabalhar conosco desenvolvendo atividades importantes. As estudantes espanholas ainda terão a oportunidade de compartilhar com nossos alunos experiências sobre como é a universidade de origem, como é a educação superior na Espanha, em um intercâmbio frutífero junto a nossos alunos”, finaliza a Coordenadora de Relações Internacionais da UENP, professora-doutora Eliane Segati Rios Registro. 

Ainhoa e Idoia vieram ao Brasil mediante o convênio que a UENP possui com a Universidad Pública de Navarra. Elas foram contempladas com bolsas do Projeto Erasmus Mundus, que custeia intercâmbios de alunos dos países signatários, e puderam escolher a qual universidade viriam para realizar um período de 05 (cinco) meses de mobilidade acadêmica voltada para atividades práticas.

Compartilhe:

UENP-CLM - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • A Comissão de Bolsas do Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PPAGRO)  - Nível Mestrado Acadêmico da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), no uso de suas atribuições, torna pública a abertura do processo seletivo para a concessão de cotas de bolsas CAPES e Fundação Araucária, seguindo as normas estabelecidas na Resolução 02/2021, que trata das normas de distribuição de bolsas, aprovada pela comissão de bolsas e o colegiado do PPAGRO.

  • TORNA PUBLICO, conforme regras estabelecidas no Edital 20/2024 - PPAGRO, os aprovados no processo seletivo, em ordem de classificação.

  • RESOLVE homologar a Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Amanda Lídia da Silva, conforme sugestão apresentada, com a devida anuência da  orientadora Profa. Dra. Flávia Debiagi

  • RESOLVE homologar a Banca Examinadora de Defesa de Dissertação do mestrando Rafael Brugnera Belani, conforme sugestão apresentada, com a devida anuência do orientador Prof. Dr. Leopoldo Sussumo Matsumoto.

  • Torna pública a homologação do resultado da análise dos DOCUMENTOS apresentados pelos candidatos aprovados no Processo Seletivo de 2024 para ingresso nos Cursos de Graduação da UENP.