Mestrado em Ciência Jurídica recebe maior autoridade portuguesa de Teoria Geral do Direito

Segunda, 16 Setembro 2013 15:41 por Assessoria de Comunicação Social
Professor-doutor José Manuel Aroso Linhares, da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, durante aula no Mestrado em Ciência Jurídica da UENP Professor-doutor José Manuel Aroso Linhares, da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, durante aula no Mestrado em Ciência Jurídica da UENP Fotos: Tiago Angelo

Considerado a maior autoridade portuguesa de Teoria Geral do Direito, o professor-doutor José Manuel Aroso Linhares, da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, realiza intercâmbio no mestrado de Ciência Jurídica da UENP. O professor, que chegou ao País na última semana, veio ao Brasil para participar de atividades na UENP e na Unisinos do Rio Grande do Sul.

 Na sexta-feira (13/09), o José Manuel Aroso proferiu a palestra: "Precisará o discurso jurídico contemporâneo de uma teoria crítica?", no III Simpósio Internacional de Análise Crítica de Direito, realizado no Cine Iguaçu. O evento reuniu estudantes de graduação, pós-graduação, pesquisadores e profissionais de várias universidades do País.

No sábado (14/09), ele iniciou os trabalhos como professor visitante do Mestrado da UENP com aula sobre Teoria Geral do Direito, módulo que divide com os professores-doutores Fernando Brito e Marcos Cesar Botelho da UENP. José Manuel Aroso permanece na Universidade até o próximo dia 23.

José Manuel Aroso Linhares

Nascido na Póvoa de Varzim, José Manuel cumpriu todo o seu percurso acadêmico na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, onde é Professor Associado. Doutorou-se em março de 2001 (em Ciências Jurídico-Filosóficas), com a tese intitulada "Entre a narrativa pós-moderna da modernidade e o tratamento narrativo da diferença ou a prova como um exercício de passagem nos limites da juridicidade".

É autor de vários estudos no âmbito da Teoria e da Filosofia do Direito, dentre os quais "Habermas e a universalidade do direito"; "A «reconstrução» de um modelo «estrutural» (1986)"; e "A unidade dos problemas da jurisdição ou as exigências e limites de uma pragmáticacusto/benefício". Tem proferido conferências, participado de colóquios e orientado seminários na Alemanha, Áustria, Espanha, Brasil, Timor Leste, China e Polônia.

Foi vice-presidente do Conselho Pedagógico da Faculdade de Direito de Coimbra nos anos letivos de 2002/3 e 2003/4 e vice-presidente do Conselho Diretivo entre julho de 2004 e fevereiro de 2007. É atualmente vice-presidente da ATFD (Associação Portuguesa de Teoria do Direito, Filosofia do Direito e Filosofia Social). É ainda (desde o início de 2009) coordenador da Comissão Científica do curso de Direito da Universidade Nacional de Timor Leste.

Última modificação: Terça, 17 Setembro 2013 09:59
Compartilhe: