Diretor de Departamento do Ministério das Comunicações realiza palestra na UENP

Segunda, 03 Dezembro 2012 09:52

Com o intuito de apresentar o trabalho desenvolvido, atualmente, pela equipe da Secretaria Nacional de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações, em Brasília, Rogério Barbosa Macedo, diretor do Departamento de Articulação e formação da Secretaria de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações, realizou palestra na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus Luiz Meneghel, de Bandeirantes. Durante a palestra, que aconteceu no Núcleo de Estudos de Agroecologia e Territórios (NEAT), na quinta-feira (30/11), o professor trouxe um panorama da situação da exclusão digital no Brasil e quais são os programas e projetos que o Ministério das Comunicações tem colocado em prática para atuar junto ao desafio da inclusão digital no País.

 

Um dos principais temas apresentados pelo professor, durante palestra, foi o projeto "Cidades Digitais", que deverá possibilitar a modernização da gestão das cidades com a implantação de infraestrutura de conexão de rede entre os órgãos públicos, além da implantação de aplicativos, com o objetivo de melhorar a gestão e o acesso da comunidade aos serviços de Governo. O professor acentua que o projeto-piloto é de grande interesse, em especial, a Bandeirantes, visto que a cidade é uma das 80 selecionadas para receber esse recurso Governo Federal. Outro assunto apresentado no evento foi o novo programa denominado "Redes Digitais da Cidadania". Por meio dessa iniciativa, o Ministério das Comunicações repassa recursos às fundações de amparo à pesquisa e extensão de todo o País para financiar projetos de extensão universitária junto à comunidade e incentivar às áreas de tecnologias de informação e comunicação.

Rogério Macedo, que também é professor da UENP, falou ainda sobre a realidade regional e sobre o papel da UENP na busca pelo desenvolvimento da região: "Sempre tive a consciência de que a universidade pública tem de ser, acima de tudo, uma articuladora das ideias e políticas públicas que visem ao desenvolvimento regional. A universidade deve gerar conhecimento e mais do que isso, ser capaz de articular as forças, as iniciativas que existem na região seja em termos de prefeitura, movimentos sociais, comunidades organizadas, ou nem tão organizadas assim".

O reitor Eduardo Meneghel Rando ressalta: "O professor Rogério entende bem as nossas necessidades, conhece as nossas competências e habilidades, e sabe também dos projetos do Governo Federal. Nossas parcerias poderão avançar e muito. A intenção é fazer com que, principalmente, a inclusão digital avance bastante, não somente em favor da Universidade, mas para o desenvolvimento regional que é o grande objetivo dos projetos do Governo Federal nessa área. Somente 35% dos domicílios, de acordo com os dados que o Rogério nos apresentou, tem acesso a computadores, à internet. É essa realidade que o Governo quer mudar e somos parceiros nisso".

Última modificação: Quarta, 20 Fevereiro 2013 13:48