.

Segunda, 10 Junho 2024 11:40
O edital oferta 25 vagas para a primeira turma do curso de Tecnologia em Fruticultura da UENP O edital oferta 25 vagas para a primeira turma do curso de Tecnologia em Fruticultura da UENP

A Universidade Estadual do Norte do Paraná, por meio da Comissão de Processo Seletivo de Vestibular (CPSV), divulga o processo seletivo para ingresso na primeira turma do curso de Tecnologia em Fruticultura, que será realizado em Santo Antônio da Platina. O edital oferta 25 vagas, e as inscrições, que são gratuitas, seguem até o dia 26 de julho, exclusivamente, pela internet.

Acesse vestibular.uenp.edu.br para realizar a inscrição. 

Para a inscrição, o candidato deve preencher o formulário e o questionário socioeducacional. A classificação dos candidatos será realizada através da média aritmética do Histórico Escolar do Ensino Médio, que deverá ser anexado no Portal do Candidato.

A UENP reserva 45% das vagas para alunos cotistas, sendo 20% delas para candidatos que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas (cotas sociais), 20% para autodeclarados negros e que também tenham cursado todo o ensino médio em escola pública (cotas sociorraciais) e 5% para pessoas com deficiência (cotas PcD).

O CURSO

O curso de Tecnologia em Fruticultura terá, ao todo, 75 vagas distribuídas em três entradas consecutivas, com ingresso de 25 estudantes por ano. O início das aulas está previsto para agosto de 2024. As aulas acontecerão no período noturno, no Centro de Desenvolvimento Tecnologia e Inovação (CDTI), a partir de uma parceria firmada entre a UENP e Santo Antônio da Platina.

O curso recebeu parecer favorável da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), com base na Lei nº 20.933/2021, a chamada Lei Geral das Universidades (LGU). O município de Santo Antônio da Platina foi escolhido para sediar o curso por estar estrategicamente localizado na maior região produtora de frutas da Região Meso-norte do Paraná e se destaca na produção e comercialização de frutas, como melão, laranja, banana, maracujá, abacate e abacaxi.

Situado nas bacias hidrográficas do Ribeirão Boi Pintado e do Rio das Cinzas, o município também produz trigo, café arábica, mandioca, tomate, feijão, palmito, cebola, arroz, alho e amendoim. De acordo com o projeto pedagógico do Curso de Tecnologia em Fruticultura da UENP, a nova graduação foi planejada num cenário educacional associado ao contexto de mercado e vocação regional, envolvendo aspectos de desenvolvimento econômico, social e ambiental. O objetivo é formar profissionais de nível superior para contribuir com o aumento da produtividade e rentabilidade das principais frutíferas da região, sem perder de vista a modernização tecnológica, o aumento da competitividade empresarial e a sustentabilidade das cadeias produtivas.

O Norte Pioneiro do Paraná se destaca como polo de fruticultura, envolvendo cerca de 2,5 mil fruticultores. É a região do estado que mais produz goiaba e morango, por exemplo. Em 2020, antes da pandemia do novo coronavírus, segundo dados da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), o Valor Bruto de Produção (VBP) anual era de, aproximadamente, R$ 168,8 milhões. Além de abastecer o comércio e as indústrias de polpas locais, a localização estratégica possibilita a comercialização com grandes centros consumidores, como São Paulo, Curitiba e Londrina.

CRONOGRAMA
Inscrições: até 26 de julho
Homologação das inscrições: até 29 de julho
Resultado: até 8 de agosto
Início das aulas: 26 de agosto
Site: vestibular.uenp.edu.br
Confira o Edital AQUI.

Última modificação: Segunda, 10 Junho 2024 11:50
Compartilhe:

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • TORNA PÚBLICO o Resultado Final do Processo Seletivo de estudantes com Matrícula Especial ao Mestrado Acadêmico em Ciências do Movimento Humano, para o segundo semestre letivo de 2024.

  • O Centro de Ciências da Saúde – CCS, divulga a abertura do PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES em diversas disciplinas do Curso de Fisioterapia, que fazem parte deste Programa de Ensino 4928 que tem como título: FISIOTERAPIA INTEGRANDO PARA "O SER MELHOR" estruturado com base na resolução nº 006/2017 – CEPE/UENP, e resolução nº 010/2017 - CEPE/UENP que estabelece o Regimento da Graduação UENP, seguindo TÍTULO IV: DA MONITORIA ACADÊMICA.

  • DAR CONHECIMENTO da realização da banca de qualificação pública de dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestranda: Isadora Fleury Saliba

  • TORNAR PÚBLICO, aos alunos da 21a Turma de Mestrado deste Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica, o prazo até o dia 10 de outubro de 2024, exclusivamente através do e-mail , para enviarem o projeto de pesquisa e/ou plano de tese atualizado.