Mostrando itens por tag: EVENTO

A atriz transexual Laysa Machado encerrou, na última sexta-feira, 31, as atividades da IV Jornada Regional de Educação Sexual do Paraná (JORESP) e do II Colóquio Internacional de Sexualidades (CISEX), com a peça "Morada Transitória". O espetáculo, que conta a história da vida de Laysa, foi encenado, juntamente com o ator Márcio Ramos, no Conjunto Amador de Teatro (CAT), de Jacarezinho.

O professor-doutor Jorge Sobral da Silva Maia e o professor-mestre Mateus Luiz Biancon, ambos do colegiado de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus Jacarezinho, lançaram, na última quarta-feira, 29, a obra "Educação das Relações de Gênero e em Sexualidades: Reflexões contemporâneas". O evento ocorreu no espaço do Conjunto Amador de Teatro (CAT), durante a IV Jornada Regional de Educação Sexual do Paraná (JORESP) e do II Colóquio Internacional de Sexualidades (CISEX).

A apresentadora Ana Cristina Canosa, do quadro "Família pede socorro" do programa "Eliana" da emissora SBT, realizou, na última quinta-feira, 30, palestra na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) durante a realização da IV Jornada Regional de Educação Sexual do Paraná (JORESP) e do II Colóquio Internacional de Sexualidades (CISEX).

O escritor carioca João W. Nery, autor da obra "Viagem Solitária - Memórias de um transexual 30 anos depois" realizou palestra durante a solenidade de abertura da IV Jornada Regional de Educação Sexual do Paraná (JORESP) e o II Colóquio Internacional de Sexualidades (CISEX), da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus Jacarezinho. O evento, que teve como tema "Olhares plurais para as questões de gênero e sexualidade", foi realizado de 29 a 31 de outubro.

Na sexta-feira, 16, o 2º Batalhão de Polícia Militar (PM) de Jacarezinho completou 61 anos de existência. A solenidade em comemoração ao aniversário, realizada no Conjunto Amadores de Teatro (CAT), homenageou o coronel Joaquim Antonio de Moraes Sarmento, patrono da PM do Paraná. No evento, foram homenageados também os policiais militares: capitão Donizeti Lemes da Silva e o subtenente Júlio Cesar Pena da Silva, que receberam a medalha Policial Militar de Ouro; e o soldado Jean Michel Ferreira da Silva, que recebeu o quadro com a menção honrosa de Policial Militar Estadual do Mês, em reconhecimento à sua atuação policial.

Durante a solenidade, que contou com a presença de oficiais e praças da PM, representantes do Governo Estadual e Federal, prefeitos, secretários municipais, vereadores, além de outras autoridades, foi salientada a importância da Polícia Militar como única instituição a se dedicar 24 horas por dia à defesa social. O comandante do 2º Batalhão, tenente coronel Antônio Carlos de Morais, destacou o comprometimento da Polícia Militar com a causa pública e parabenizou a cada policial pela dedicação, competência e compromisso demostrados no trabalho cotidiano. "Não existe nenhuma outra instituição que se dedica tanto à defesa social como a Polícia Militar em todos os Estados brasileiros", ressaltou.

O reitor em exercício da UENP, Rinaldo Bernardelli Junior, destacando o vínculo entre Universidade e a Polícia Militar (que utiliza espaços da UENP para treinamentos e eventos), pondera: "O que seria de Jacarezinho e região sem o 2º Batalhão de Polícia? Com essa frase encerro tudo o que se pode dizer sobre esta Instituição". O reitor exalta a atividade desempenhada pela PM. "É muito relevante para toda a sociedade a presença do 2º Batalhão". Rinaldo, lembrando as palavras do capitão Moraes, que durante o evento refletiu sobre acusações e calunias sofridas pela Polícia, frisa: "Tenho muito apreço pelo 2º BPM. Eles zelam por nós. A Polícia tem um papel primordial na nossa sociedade. A Polícia cuida da sociedade, quem cuida da Polícia?".

O subtenente Pena, que recebeu a Medalha Policial Militar de Ouro, destinada a recompensar oficiais e praças da Polícia Militar do Paraná que completam 30 anos de excelentes serviços prestados à comunidade, homenageou, na tribuna, durante o evento, o professor da UENP, Luiz Clemente Viana Franco (professor Kiko). "Certas pessoas na vida da gente nos conduzem ao caminho do bem, da sabedoria, do reconhecimento, ao caminho ilibado do caráter, da boa vontade. O professor Kiko, desde a faculdade, foi uma pessoa extremamente fantástica", mencionou. O subtenente pontuou ainda que "O professor Kiko nos dá o direito de segui-lo como exemplo, como ídolo, e, por isso, eu não poderia deixar passar em branco esse momento tão especial e homenageá-lo com estas simples palavras".

Surpreso com a homenagem, o professor Kiko, que também é diretor do Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE/CJ), partilha que ficou muito emocionado com a lembrança. "A homenagem foi uma grande surpresa, aconteceu de uma forma tão forte que me emocionei muito, foi algo extremamente significativo para mim", comenta. O professor conta que sempre buscou atuar com comprometimento e profissionalismo, e que esse propósito foi uma constante em sua vida. "Como dizia Vital Brazil: 'não existe maior recompensa do que a certeza de ter feito o bem'. Na medida em que a gente vai vivendo, convivendo, procurando ser útil, a gente passa a perceber que não custa esforço nenhum (o trabalho com dedicação) e a gente passa a ter um significado na vida das pessoas", menciona.

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • DAR CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Thaís Agnoletti Alcova

  • CONVOCAR, para o dia 02 de junho próximo, quinta-feira, às 17:30 horas, reunião da Comissão Coordenadora

  • TORNA PÚBLICO o ensalamento da FASE 3 – Entrevista e arguição sobre o projeto de pesquisa, do Processo Seletivo de estudantes regulares ao Mestrado Acadêmico em Ciências do Movimento Humano, para o segundo semestre letivo de 2022, após deliberação da Comissão de Seleção do PPG-CMH, nomeada pela Portaria/PPG-CMH 04/2021

  • TORNAR PÚBLICA as normas para a reabertura do processo seletivo para a concessão de bolsas de mestrado e doutorado, custeada pela CAPES e Fundação Araucária que será regido pelas normas constantes do presente edital além de outras normas aplicáveis e será conduzido pela Comissão de Seleção. Poderão se inscrever todos os alunos que atenderem as exigências da CAPES.

  • DAR CONHECIMENTO da realização do exame de qualificação do Mestrado Acadêmico em Ciências do Movimento Humano - Ricardo Siqueira de Oliveira