Professores e alunos do Centro de Letras, Comunicação e Artes (CLCA), campus de Jacarezinho, da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), participaram do II Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários (II CIELLI) e V Colóquio de Estudos Linguísticos e Literários (V CELLI), proposto pelo programa de pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Maringá (UEM) realizado de 13 a 15 de junho.

O evento, que se consolidou como espaço de ampla divulgação científica, contou com a participação de pesquisadores atuantes no Brasil para discussão, reflexão e divulgação de produção acadêmica, técnica e cultural em Letras, Línguística e áreas afins. Os professores e acadêmicos da Uenp apresentaram estudos acadêmicos e assistiram a conferências de universidades estrangeiras e de estudiosos do Brasil em mesas-redondas e proposição de simpósios. Entre os palestrantes, estiveram os renomados Roger Chartier (França), com o tema: "Literatura e cultura escrita: estabilidade das obras, mobilidade dos textos, pluralidade das leituras"; e Carlos Reis (Portugal): "Estudos narrativos: estado da questão e a questão da personagem".

Os professores da UENP participantes foram: Vera Maria Ramos Pinto, Fernanda de Cássia Miranda, Luciana Brito, Patrícia Cristina de Oliveira Duarte, Marilúcia dos Santos, Rita de Cássia Lamino de Araújo Rodrigues, Rosiney Aparecida Lopes do Vale, Eva Cristina Francisco e Nerynei Meira Carneiro Bellini. Acadêmicos presentes: Moisés Gonçalves do Santos, Thiago Leonardo Ribeiro, Natália Guerra Brisola Gomes, Geisiara Priscila Christ, Mateus Fernando de Oliveira.

Docentes e acadêmicos do Centro de Letras, Comunicação e Artes, campus Jacarezinho, da UENP, participam de Cóloquio Internacional na Universidade Estadual de Maringá.

Com objetivo de proporcionar a promoção da saúde e prevenção de doenças à comunidade de Bandeirantes, professores e acadêmicos do Curso de Enfermagem do Centro de Ciências Biológicas do campus Luiz Meneghel, de Bandeirantes, realizarão no sábado, 23, a II Feira de Saúde e Cidadania na cidade. O evento, que conta com a parceria da Prefeitura do Município, será realizado na praça Valderi Mendes Vilela (Brasil – Japão), na Avenida Bandeirantes, das 8h às 16h.

A Feira tem o intuito também de Integrar Universidade e Comunidade, além proporcionar a qualificação dos futuros profissionais enfermeiros da UENP por meio da vivência da saúde da comunidade e saúde pública a partir da troca de conhecimentos, debates, reflexões mediante intervenções em saúde.
O evento, coordenado pela professora-mestre, Carina Bortolato, e pela professora-especialista, Kelly Prezotto, ambas da disciplina de Saúde da Criança e do Adolescente do Curso de Enfermagem da UENP, tem meta de receber 600 pessoas para os mais variados atendimentos em saúde.
Com o lema "Integração e promoção da saúde", o projeto atenderá crianças e adolescentes com avaliação do crescimento e desenvolvimento, calendário vacinal e métodos contraceptivos, além de alertar sobre doenças sexualmente Transmissíveis (DSTs). A Feira realizará atendimento à gestante, exame de mama, de colo, trabalhando assuntos como o planejamento familiar.
Os atendimentos serão destinados ainda a prevenção de doenças específicas do homem como câncer de próstata, hiperplasia prostática e DSTs. O idoso também terá atenção especial com intuito de prevenir acidentes e doenças. Hipertensão, diabetes, doenças crônicas, pressão arterial, glicemia e feridas serão verificados.
De modo geral, o projeto atenderá a saúde mental, atenção e apoio psicossocial, primeiros socorros, direito à saúde, avaliação oftalmológica, tabagismo, dengue e esquistossomose. A Feira contará com avaliação postural que será realizado pelos docentes e discentes do curso de Fisioterapia do Centro de Ciências da Sáude (CCS), campus Jacarezinho, da UENP.
Durante o dia, o evento contará com brinquedos infláveis, camas elásticas, jogos de raciocínio, jogos recreativos, estação do conhecimento, mini futsal, mini vôlei, tênis de mesa, escovódromo, estação de alongamento, ginástica e dança e avaliação física.
A II Feira da Saúde tem apoio das Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Cultura de Bandeirantes, Serviço Social do Comércio (Sesc), SAAE, Órgãos de imprensa, Conseg, Aciab, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiro, Tiro de Guerra 05/013, Curso de fisioterapia da UENP, Curso de direito da UNOPAR (Bandeirantes-PR), Projeto de Extensão Cócegas da Enfermagem (Enfermagem-UENP), Projeto de Extensão Cuidado a pacientes com feridas (Enfermagem-UENP), Colegiado do Curso de Enfermagem da UENP- Bandeirantes-PR, Folha Norte Paranaense Rádio Yara.

Considerando a dificuldade de transporte em decorrência das chuvas ocorridas nas regiões que se encontram os campi da UENP, informamos aos acadêmicos que foram impedidos de comparecer às aulas e, assim deixando de realizarem as provas ocorridas nesta semana, que façam o requerimento para o pedido de segunda chamada incluindo neste documento a indicação da cidade em que reside e o pedido para a isenção da taxa.

O prazo do evento climático é de 18 a 22, possibilitando aos estudantes solicitar no mesmo requerimento a justificativa de faltas.

Inicialmente sob o título de FAEFIJA – Faculdade de Educação Física de Jacarezinho, hoje o CCS – Centro de Ciências da Saúde – completou neste ano de 2012 40 anos de sua fundação. Com renomados professores formou diversos profissionais que, hoje espalhados pelo Brasil e exterior contribuem com a formação acadêmica e pesquisa em diversas áreas.

Para marcar a data o CCS/UENP oferecerá dia 29 de junho um jantar por adesão, para aquisição dos convites será necessário entrar em contato com a secretaria do CCS (fone: 43 3525 0498) . Durante todo mês haverá atividades esportivas comemorativas alusivas a data.

Sobre o Centro de Ciências da Saúde
O Centro de Ciências da Saúde da UENP passou a ter uma abrangência considerada de nível nacional, já que contou com candidatos participantes em seus Processos Seletivos de oito estados da Federação, quais sejam Bahia, Rondônia, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, e o estado do Paraná. Participaram candidatos de cerca de 180 municípios.

Além de suas atividades de ensino, a instituição promove vários Projetos de Extensão e também incentiva a pesquisa, através da promoção de Congresso Científico, envolvendo alunos e professores da instituição e participantes de outras instituições. Também possibilita a oferta de cursos de pós-graduação, por enquanto a nível lato-sensu, tanto na área de educação quanto na de fisioterapia, com cursos na sede e fora dela.

Estrutura
O Centro de Ciências da Saúde da UENP conta com três cursos, o de Licenciatura Plena em Educação Física, Graduação em Educação Física (Bacharelado) e de Fisioterapia.

Com sede própria, o Centro de Ciências da Saúde possui excelentes condições para a execução de suas atividades, contando com a seguinte estrutura física:
- Oito salas de aula equipadas com cadeiras universitárias, Ar condicionado, data-show, televisão, videocassete, retroprojetor e tela de projeção.
- Uma sala de Biblioteca, climatizada. mesas para estudo, salas para estudo em grupos, equipamento de TV, vídeo e parabólica, e computadores, onde todos alunos tem acesso à Internet.
- Quadra polivalente coberta e iluminada, com piso especial e arquibancada, para atividades práticas.
- Quadra aberta iluminada, com piso especial e cercada por tela.
- 3 quadras abertas.
- Pista de Atletismo com medidas oficiais.
- Piscina com 25 x 12,5, fechada e aquecida com vestiários e cercada por tela, para atividades de hidroterapia.
- 2 Laboratorios de informática
- Laboratório de anátomo-biologia.
- Laboratório de Avaliação Física com isocinetico.
- Laboratório de histopatologia
- Estrutura administrativa com secretaria e atividades pedagógicas
- Sala de Professores e reuniões, compatível com a IES.
- Salas de permanência dos professores e de atendimento acadêmico
- Clínica de Fisioterapia.
- Setor de hidroterapia, com piscina de água aquecida.
- Salão de Ginástica.
- Uma completa academia de musculação e de atividades corporais
- Um tatame para lutas e ginástica olimpica
- Salão Nobre, climatizado com espaço para 100 pessoas.

Conheça o Processo de Criação da Então Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho

A Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho, hoje integrada a Universidade Estadual do Norte do Paraná como Centro de Ciências da Saúde, foi instituída pelo Governo do Estado do Paraná, sob forma de Fundação de Direito Público, segundo o disposto no Artigo 4º da Lei N.º 5.540, de 28 de novembro de 1968.

Em 10 de fevereiro de 1972, o Egrégio Conselho Estadual de Educação emitiu parecer 2/72, no Processo número 032/72, favorável à autorização para o funcionamento da então Fundação Faculdade Estadual de Educação Física de Jacarezinho e em 20 de junho de 1972 a Instituição iniciou suas atividades, através de seu Fundador e Diretor Professor Rodrigo Octávio Torres Pereira, obedecendo ao Decreto N.º 70.425, de 17 de abril de 1972, do Senhor Presidente da República e do Senhor Ministro da Educação, publicado no Diário Oficial da União, edição de 19 de abril de 1972, o qual autorizava seu funcionamento.

O Decreto número 79.150, de 19 de janeiro de 1977, do Excelentíssimo Senhor Presidente da República, publicado às folhas 737 do Diário Oficial da União, de 20 de janeiro de 1977, homologou o Parecer n.º 3749/76, concedendo o reconhecimento aos Cursos de Educação Física e de Técnico de Desportos, desta Faculdade.

A Instituição instalou-se na Escola Estadual Imaculada Conceição, onde funcionou desde 1972 até 1990 e no dia 20 de agosto de 1991 transferiu-se para sua sede própria.

O diretor do CCS- antiga Faefija, Prof. Dr. Fabio A. N. Martini lembra a importância do curso de Educação Física teve e tem para todo o norte pioneiro do Paraná e sul de São Paulo na formação de ótimos e importantes educadores físicos que se espalharam por todo o Brasil para mostrar a importância da Educação Física tem na melhora e busca de uma vida cada vez mais saudável. Ele diz que estamos nos preparando para mais 40 anos de modernização e na melhor capacitação dos futuros profissionais na área.

O evento contou com a participação dos conferencistas estrangeiros Roger Chartier (França), discorrendo sobre "Literatura e cultura escrita: estabilidade das obras, mobilidade dos textos, pluralidade das leituras", e Carlos Reis (Portugal), abordando o tema: "Estudos narrativos: estado da questão e a questão da personagem". Também foram realizadas diversas sessões de mesas-redonda e minicurso, além dos inúmeros simpósios na área de Linguística e Literatura.

Pesquisadores do grupo de pesquisa "Crítica e Recepção Literária" (GP CRELIT) apresentaram comunicações orais em alguns simpósios da área literária: Miguel Heitor Braga Vieira, com comunicação oral intitulada "Minificção e a questão do suporte", inserida no Simpósio "As artes narrativas e o pandemônio da contemporaneidade"; professora Ana Paula Franco Nobile Brandileone, com "Terça-feira gorda, de Caio F. Abreu: em nome do preconceito", inserida no simpósio "Literatura e Homoerotismo". Professora Vanderléia Oliveira participou do simpósio "O romance contemporâneo, com a comunicação O romance histórico brasileiro contemporâneo".

O professor Thiago Valente, além de apresentar a comunicação "A extraordinária antropofagia da poesia infantil", também coordenou o Simpósio "Literatura Infantil e ensino: rotas, desvios e desafios" em parceria com o professor José Nicolau Gregorin Filho da Universidade de São Paulo (USP). Neste Simpósio, foram apresentadas 24 comunicações, abrangendo tanto pesquisas relacionadas à recepção de leitura, quanto à análise de obras literárias. Os comunicadores eram procedentes de diversas regiões brasileiras, representando instituições como a Universidade Estadual Paulista (UNESP-Presidente Prudente), USP, Universidade Estadual da Bahia (UNEB), Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Federal de Pernambuco, entre outras.

Na área de estudos linguísticos, o GP PEL e o GP GETELIN também participaram com apresentações das professoras Edenir Haddad Santos, com a comunicação "Pesquisa em estudos linguísticos" e a professora Diná Brito, comunicando o trabalho "A Alteração da Linguagem da Produção Musical Brasileira das Décadas de 1970 a 2010, considerando-se a figura feminina, num enfoque da Estilística Léxica", ambas inseridas em "Sessões especiais de comunicação de estudos linguísticos".

A professora Eliana Merlin participou do Simpósio "Ferramentas de ensino e práticas em sala de aula", com a comunicação "Gestos didáticos específicos na mobilização da ferramenta sequência didática". A professora Maria Virginia Benassi comunicou o texto "Ensino de língua inglesa: implicações e desafios na rede pública", no Simpósio "Práticas de linguagem e estágios supervisionados".

Além dos docentes, as acadêmicas Paula da Silva Rissi e Sueli de Fátima Santos também apresentaram, respectivamente, os trabalhos "Minificção: uma ponte entre a infância e a juventude, e Oralidade e escrita em Lygia Bojunga Nunes: um estudo de Corda Bamba, O rio e eu e A casa da madrinha".

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • DAR CONHECIMENTO da realização da defesa de dissertação do Mestrado Acadêmico em Ciências do Movimento Humano - Mestrando: Pablo Aguirra.

  • DAR CONHECIMENTO do resultado das análises dos pedidos de inscrições de alunos matriculados em Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito de outras instituições, interessados em cursar disciplinas isoladas neste Programa.

  • Súmula: Aprova calendário complementar para o segundo semestre letivo de 2024, e estabelece outras providências.

  • A Direção do Campus de Jacarezinho da Universidade Estadual do Norte do Paraná, no uso de suas atribuições legais e regimentais, resolve:
    CONVOCAR o candidato abaixo relacionado, aprovado e classificado no Teste Seletivo para cadastro de reserva para estagiários do Campus de Jacarezinho da UENP, nos termos do Edital de Abertura Nº 007/2024 – GD/CJ/UENP, de 30 de abril de 2024, e do Edital de Resultado Final Nº
    020/2024 – GD/CJ/UENP, de 13 de junho de 2024, para entrega de documentação e ocupação de vaga.