A pró-reitora de Graduação, Ana Rita Levandovski, e a coordenadora da Comissão Própria de Avaliação (CPA), Alessandra Cristina Furlan, representaram a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), no II Seminário Estadual de Avaliação Institucional e I Encontro de CPAs – Paraná. O evento aconteceu nos dias 3 e 4 de setembro, na Federação de Indústrias do Paraná (FIEP), em Curitiba, e foi promovido pela Comissão Especial de Avaliação da Educação Superior do Sistema Estadual de Ensino do Paraná – CEA/SETI.

Na ocasião, foram discutidas as possibilidades de articulação e integração entre o Sistema Estadual de Ensino e os órgãos do Sistema Federal de Educação Superior, os processos regulatórios e os instrumentos para os processos de avaliação externa de cursos de graduação. Participaram do Seminário o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), Alípio Leal, o presidente do Conselho Estadual de Educação, Oscar Alves e os palestrantes Robert Evan Verhine, presidente da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES) e Sueli Macedo Silveira, representante do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

No primeiro dia do evento, as Instituições Estaduais de Ensino Superior (IES) apresentaram relatos de suas experiências avaliativas. A professora Alessandra expôs a experiência da UENP com a avaliação institucional 2011 e a avaliação de cursos de graduação, além da utilização dos resultados no planejamento da Universidade.

Foram organizadas oficinas, no último dia, com os representantes das IES para a análise do "Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação – Licenciatura e Bacharelado – Presencial e Ead", documento elaborado pela CEA/SETI e que poderá ser utilizado nas avaliações externas.

Aconteceu de 24 a 31 de agosto o III Jogos Inter-CCS. O evento, além de cumprir com a grade curricular do 4º ano do curso de Educação Física, proporcionou a todos os acadêmicos uma semana de competições e, ao mesmo tempo, de solidariedade e diversão. O Inter-CCS, realizado nas dependências do Centro de Ciências da Saúde (CCS), da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus Jacarezinho, teve como campeão o terceiro ano de Educação que somou 499 pontos, durante os Jogos.

Os jogos contaram com atividades individuais e coletivas para que pudesse participar o maior número de atletas possível. Dentre as diversas modalidades disputadas estavam: atletismo (50 e 100m rasos, corrida com barreiras, corrida dos 1200m, salto em distância e revezamento), truco, xadrez, tênis de Mesa, futebol society, futsal, volei, basquetebol, voleibol, handebol, além das gincanas organizadas pela equipe da recreação durante toda a semana.

Um destaque da gincana foi a contribuição recorde em alimentos arrecadados para doação a instituições da cidade de Jacarezinho. Mais de 1.400 Kg de alimentos. No dia 3 de setembro, foi feita a entrega dos alimentos às instituições Abrigo Lar da Infância de Jacarezinho (ABRINJA), ao Asilo São Vicente de Paula e a Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, do Bairro Aeroporto. Nesse mesmo dia, aconteceu a entrega de medalhas aos atletas. O segundo lugar na competição ficou com o primeiro ano de Educação Física, com 390 pontos; o terceiro lugar com o segundo ano também de Educação Física, com 386 pontos; e o quarto lugar com a equipe de Fisioterapia, com 212 pontos.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, assinou, na terça-feira, 11 de setembro, contratos de desempenho com os reitores das sete universidades estaduais do Paraná e com os presidentes das empresas e fundações vinculadas à secretaria – Tecpar, Fundação Araucária e Simepar. A medida decorre do acordo de gestão, com metas e objetivos, assinado pelos secretários de Estado com o governador Beto Richa.

Há sete grandes projetos sob o guarda-chuva da Seti. Incluem a busca da excelência no ensino superior, com desenvolvimento de um plano de capacitação dos servidores; o projeto Paraná Inovador, que investe em ciência e tecnologia para obter o desenvolvimento econômico das várias regiões do Estado; a formação e capacitação de profissionais de Saúde para os hospitais universitários; educação fiscal dirigida à sociedade e os programas da Universidade Sem Fronteiras (USF) Bom Negócio, para formar empreendedores e inovadores, programas de extensão das universidades e o Neddij, que fornece assistência jurídica a menores e adolescentes e suas famílias, entre outros.

Os contratos de desempenho foram assinados durante a reunião do Conselho de Reitores (CRUEP), em Curitiba, ocorrida no dia 4 de setembro, da qual também participou o reitor da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), professor doutor Eduardo Meneghel Rando - UENP. No mesmo encontro, o conselho discutiu o plano de cargos e salários dos servidores técnicos das universidades, que está em estudo pela Seti e pela Secretaria da Administração.

O Programa de Mestrado em Ciência Jurídica, da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), realizou, nos dias 10 e 11, o II Simpósio Internacional de Análise do Direito no Cine Teatro Iguaçu, em Jacarezinho. O evento, que contou com 510 inscrições, dentre alunos, professores e pesquisadores de graduação e pós-graduação de várias instituições de ensino superior do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, teve o objetivo de suscitar novas perspectivas jurídicas geradoras de uma postura dinâmica e participativa na valorização e desenvolvimento da Ciência Jurídica.

O Simpósio, que teve como coordenador o professor doutor Vladimir Brega Filho, visou ainda o desenvolvimento da área de concentração do Programa de Mestrado em Ciência Jurídica da UENP: "Teorias da Justiça: Justiça e Exclusão" e suas linhas de pesquisa, "Estado e Responsabilidade: Questões Críticas" e "Função Política do Direito". A primeira noite do evento contou com duas conferências. O doutor Lênio Streack, da Universidade Jesuíta Unisinos, do Rio Grande do Sul, fez palestra de abertura do Simpósio, abordando o tema "Crítica à crítica do Direito". A segunda conferência foi realizada pelo professor doutor Ángel Cobacho López, da Universidade de Múrcia, na Espanha. Ángel, que está na UENP desde o final de agosto ministrando aulas no curso de mestrado da instituição, abordou o tema "Desafios para os direitos fundamentais em tempos de internet", em sua conferência.

Na segunda noite do Simpósio, a conferência foi realizada pela doutora Eliana Franco Neme, professora do Instituto Toledo de Ensino (ITE), da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP) e da Universidade de São Paulo (USP). Eliana expôs o tema "Cortes Internacionais e Direitos Humanos". Já a conferência de encerramento, "Os Dois Problemas do Direito e seu Tratamento", foi realizada pelo professor doutor João Maurício Adeodato, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O Simpósio, promovido pelos Programas de Pós-graduação em Direito da UENP, do Centro Universitário de Maringá (CESUMAR) e do Centro Universitário de Bauru (ITE), contou ainda com apresentações de trabalhos na tarde de terça-feira. Os temas abordados pelos coordenadores de grupo de trabalho foram: "Sistema Constitucional de Garantia de Direitos - Bioética e Biodireito"; "Sistema Constitucional de Garantia de Direitos", "Responsabilidade do Estado", "Violência e Criminologia"; e "Função Política do Processo e Hermenêutica Constitucional".

Além dos palestrantes, participaram do evento os presidentes de mesa: os doutores Jaime Domingues Brito, Sérgio Tibiriçá do Amaral (Unitoledo), Fernando de Brito Alves (UENP) e Maurício Gonçalves Saliba (UENP). Como convidados para a primeira noite: Rinaldo Bernardelli Junior, vice-reitor da UENP; Ronny Carvalho da Silva, coordenador do curso de Direito da FEATI; Diomar Francisco Mazzutti, coordenador do curso de Direito da UNOPAR – Bandeirantes; Luiz Fernando Kazmierczak, vice–coordenador do curso de Direito das FIO; e a professora Flávia Elaine Soares Ferreira, da Faculdade Estácio de Sá – Ourinhos. Na segunda noite, os convidados foram: Vanessa Padilha Catossi, vice-coordenadora do curso de Direito da FANORPI; José Sebastião de Oliveira, coordenador do Programa de Mestrado em Ciências Jurídicas do CESUMAR; Edinilson Donisete Machado – coordenador do Direito do UNIVEM; e Fábio Pinha Alonso, professor das FIO.

O evento, apoiado pelo Governo do Estado Paraná; PROJURIS, Estudos Jurídicos; Grupo Lwart; Hotel e Restaurante Canta Galo, Banco do Brasil; Yoki alimentos e Usina Dacalda, contou com participantes de instituições de ensino superior de Ibaiti, Londrina, Maringá, Santo Antônio da Platina, Ponta Grossa, Curitiba, Ourinhos (SP), Marília (SP), Presidente Prudente (SP), Bauru (SP), Parnaíba (MS), dentre várias outras.

Com a conferência "Educação Literária: Caminho para a formação de leitores", a professora doutora Alice Áurea Penteado Martha, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), abriu o IX Seminário de Iniciação Científica: Estudos Linguísticos e Literários, na segunda-feira, 10 de setembro. O evento, realizado pelo Centro de Letras, Comunicação e Artes (CLCA), da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus Jacarezinho (CJ), acontece até sexta-feira, 14. O SóLetras, que conta ainda com mesas redondas, minicursos e oficinas, salas temáticas, comunicações e pôsteres digitais, busca incentivar a produção científica da comunidade acadêmica, além de socializar resultados de pesquisas e práticas educativas nas áreas linguísticas e literárias.

Durante a solenidade de abertura, a professora Alice Áurea realizou palestra que tratou das relações entre literatura e escola, da formação do leitor e de aspectos que visam à formação de um leitor competente. A professora salientou aos cerca de 300 acadêmicos que acompanharam a palestra: "É preciso ser leitor, é preciso trabalhar na escola e fora da escola para mudar essa realidade triste no Brasil, de um País que possui livros e livros, escritores fantásticos, e uma imensa qualidade na produção literária para jovens e para adultos e toda essa produção ainda não é aproveitada. Acreditem que é possível chegar lá, trabalhar, com projetos de leituras e outras atividades, mudar o universo onde atuamos".

A conferência discutiu ainda formas de conciliação entre a literatura a ser ensinada e as convenções sociais, históricas e didáticas, que são submetidas pela instituição escolar. Além da palestra que tratou também de concepções teóricas, didáticas e metodológicas, a noite de abertura contou com uma apresentação cultural do professor de língua inglesa do CJ, Silvio Tadeu de Oliveiro. O professor levou aos alunos a música folk, canções muitas vezes originárias de produções literárias e, geralmente, de natureza poética, momento para um pouco de nostalgia e apreciação da arte musical.

A pró-reitora de Pós-Graduação da UENP, Hildéa Tempesta Rodrigues Boberg, que também representava o vice-reitor Rinaldo Bernardelli Junior, na abertura, parabenizou aos organizadores do evento, destacando os esforços da direção e docentes. A professora acentuou: "Esse evento, já tradicional na área, visa a formação de alunos com perfil diferenciado. Certamente, estes estudantes não apenas enriquecem os seus currículos com saberes científicos, mas também a universidade, com a divulgação dos resultados de suas pesquisas e a socialização desses saberes com as comunidades".

Participaram da solenidade de abertura, além da pró-reitora de Pós-Graduação da UENP; a diretora do CLCA, Luciana Brito; o diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA/CJ), Alaimer Ronaldo Bonesso; a diretora Acadêmica do CJ, Silvia Cadenassi, e os coordenadores de Colegiados de Letras do CJ, Vera Ramos Pinto; de Pedagogia do CJ, Marivete Bocetto Quadros; e de Filosofia, professor José Carlos da Silva, além artista plástico e idealizador do material de divulgação, Edson Godinho, e de outros professores da área de Letras.

Conferencista

Doutora Alice Áurea Penteado Martha, possui graduação em Letras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis, mestrado e doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Atualmente é professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: leitura, literatura infantil, literatura brasileira, literatura e Monteiro Lobato.

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de qualificação pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestrando: André Luis Camargo Mello

  • ALTERA HORÁRIO E COMPOSIÇÃO DA BANCA E DA CONHECIMENTO da realização da banca de qualificação pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestranda: Simone Valadão Costa e Tressa

  • TORNA PÚBLICA a abertura de processo seletivo simplificado para a seleção de candidatos ESTRANGEIROS, ao ingresso no MESTRADO e no DOUTORADO, na área de concentração “Teorias da Justiça: Justiça e Exclusão”,nas linhas de pesquisa “Estado e Responsabilidade: questões críticas” e “Função Política do Direito”

  • TORNA PÚBLICO o resultado do processo seletivo para concessão de bolsas de Doutorado custeada pela CAPES e pela Fundação Araucária

  • ALTERA  O CALENDÁRIO LETIVO DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2019