O professor Luiz Antonio de Oliveira, do Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), do colegiado de Pedagogia, da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), apresentou os trabalhos "Fundamentos da escola pública em Horace Mann" e "Da instrução pública nas províncias: um estudo comparativo em Primitivo Moacyr" no IX Congresso Luso Brasileiro de História da Educação & ndash; COLUBHE 2012, em Portugal.

O Programa Ciência sem Fronteiras divulgou, no dia 12 de julho, a relação dos candidatos aprovados das Chamadas para Graduação Sanduíche. Dentre eles estão Daniela Licka Taniguti, Fábio José Pires e Pedro Soldera Neto, acadêmicos da Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP.

Daniela Licka Taniguti é graduanda do curso de Fisioterapia, do Centro de Ciências da Saúde, Campus de Jacarezinho. A aluna foi contemplada com uma bolsa de 10 meses de estudos na universidade Adelaide, Austrália, além da oferta condicional de curso intensivo de inglês.
Fábio J. Pires, do curso de Geografia, do Centro de Ciências Humanas e da Educação, campus de Cornélio Procópio, foi aprovado para realizar a graduação sanduíche em uma das universidades de Portugal.
Já o acadêmico Pedro Soldera Neto, graduando do curso de Sistemas de Informação, do Centro de Ciências Tecnológicas, campus Luiz Meneghel, foi aceito para cursar parte de sua graduação na Universidad de Las Palmas de Gran Canaria, Espanha.

A coordenadora institucional do programa Ciência sem Fronteiras, profa. Ma. Eliane Segati Rios Registro, juntamente com a Pró-Reitora de Pós-Graduação, Profa. Dra. Hiudéa Tempesta Rodrigues Boberg, parabenizam os candidatos aprovados na modalidade graduação sanduíche pela conquista e ressaltam a importância da presença de tais estudantes nas universidades consideradas de excelência no exterior, uma vez que a UENP estará muito bem representada no contexto internacional.
Os interessados em participar do Programa devem ficar atentos às novas informações que serão disponibilizadas ainda no mês de julho no sitio http://www.uenp.edu.br/csf

 

"São dois focos importantes na implantação do Parque Tecnológico do Norte Pioneiro: o primeiro é reter na região as competências desenvolvidas pelas instituições de ensino, profissionais que hoje não ficam aqui. E por outro lado, atrair investimentos de base tecnológica para o Norte Pioneiro, possibilitando a mudança do perfil econômico e social da região que possui um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) baixíssimo", resumiu o diretor presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Julio Felix, sobre a importância da implantação do Parque e da Incubadora prevista para ser instalada em Jacarezinho em 36 meses.

O evento que formalizou a proposta do projeto "Parque Tecnológico do Norte Pioneiro" aconteceu na terça-feira, 17, no Instituto Federal do Paraná (IF-PR), campus Jacarezinho. Na reunião, foi assinado um termo de compromisso pelas autoridades, definindo o papel de cada instituição no processo. Com objetivo de otimizar recursos do Tecpar de Jacarezinho, criando assim o Parque e a incubadora Tecnológica, além de estruturar a rede de laboratórios de apoio ao Parque, o projeto contempla ainda a rede de Educação à distância (EAD) em empreendedorismo, tecnologia e inovação. Já a incubadora é uma organização que tem como objetivo o apoio estratégico no desenvolvimento de empresas "recém-nascidas" de bases tecnológicas.

Em consonância com a fala de Felix, o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), Alípio Leal, salientou que é importante que as instituições se unam para desenvolver oportunidades. "Este trabalho busca fortalecer as competências do Norte Pioneiro, o que deverá garantir melhor qualidade de vida, uma melhor renda para cada cidadão; e o Tecpar vem para realizar desenvolvimento e proporcionar oportunidades". O vice-reitor da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Rinaldo Bernardelli Junior, reafirmou, durante sua fala na reunião, o total apoio da UENP na execução das propostas, podendo vir a contribuir no projeto de engenharia e, futuramente, criando cursos nos campi da região em função das definições do Parque.

O Parque Tecnológico faz parte da estratégia da SETI para impulsionar o desenvolvimento dos municípios do Norte Pioneiro a partir da atração de empresas de base tecnológica inovadoras. A incubadora que o Tecpar vai montar no campus de Jacarezinho, em parceria com outras entidades, será o primeiro passo para a criação do Parque.

O empreendimento será instalado, inicialmente, no campus do Tecpar em Jacarezinho (localizado próximo à entrada da cidade, no Jardim São Luiz, com mais de 120 mil m² de área total e 2,5 mil m² de área construída) ou em qualquer outro município do Norte Pioneiro, conforme os benefícios que o Parque proporcionar. Dessa forma, empresas inovadoras, sejam elas da incubadora ou de fora, poderão se instalar no espaço.

Participaram da solenidade, além do secretário da SETI, do diretor do Tecpar e do vice-reitor da UENP, representantes do Instituto Federal do Paraná (IF-PR), do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), representantes de prefeituras da região e colaboradores do Tecpar. O projeto tem como parceiros da SETI, UENP, IF-PR, Sebrae, FIEP, SESI, SENAI, Prefeituras, dentre outros.

 

Durante reunião, autoridades assinaram termo de compromisso para a realização do Parque Tecnológico

 

 

O professor Allaymer Ronaldo Bonesso, diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), campus Jacarezinho, lançou, recentemente, a obra "Curso de Direito Financeiro Moderno". O livro, lançado pela Editora Juruá, de Curitiba, traz uma concepção contemporânea do Direito Financeiro aplicado aos profissionais que atuam na administração pública e aos estudantes de graduação e pós-graduação de Direito Público.

A obra delimita, de forma eficaz, todos os pontos importantes do estudo a respeito das finanças públicas do Estado, com foco principalmente nas finanças municipais, pois é a partir da comunidade que se abre o espaço para discussão e aplicação do Direito Financeiro. Conceitua ainda a atualidade das receitas públicas e despesas, orçamento e fiscalização orçamentária, dentro e fora da conjuntura da Lei de Responsabilidade Fiscal, além de trazer a lume os crimes financeiros cometidos pelos administradores públicos, agentes públicos e prefeitos municipais.

O livro debate e apresenta também amplo estudo sobre a fiscalização financeira e orçamentária do Estado, bem como a formação e estruturação dos Tribunais de Contas, com apresentação dos vários entendimentos jurisprudenciais e doutrinários a respeito do funcionamento da Casa de Contas.

Estudos sobre Lei 10.028/00, que alterou o Código Penal e ainda a LC 131/09, legislação que modificou a LRF, também são contemplados no livro. O autor salienta que: "Pretende-se, nesta obra, reforçar o estudo da matéria como importante ramo do Direito Público, que atualiza conceitos e cria a possibilidade de auxiliar a comunidade jurídica a ser capaz de identificar o moderno Direito organizador das finanças do Estado".

A obra pode ser adquirida pelo site da editora (www.jurua.com.br) e em livrarias virtuais de livros de Direito.

O autor

Possui Mestrado em Direito pela Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro de Jacarezinho - PR (1983). Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Administrativo, Financeiro e Empresarial. Atua principalmente nos seguintes temas: assédio moral, administração pública, humilhação, controle da administração, controle popular, parti, elisão fiscal, tributário, evasão, factoring, consumidor, banco e multas, multas fiscais, princípios constitucionais.

O livro "Ensaios Filosóficos: Antropologia, Neurociência, Linguagem e Educação" foi lançado na quinta-feira, 12 de junho, na Livrarias Curitiba do Parkshopping Barigui, em Curitiba, com os organizadores Fábio Antonio Gabriel e Gustavo Luiz Gava. A obra, composta por artigos de professores da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) e outros instituições, é destaque da agenda cultural das Livrarias Curitiba no mês julho. O próximo lançamento será em setembro em Ponta Grossa.

A obra é organizada em três eixos: Neurociência, antropologia e linguagem em diálogo; Ensaios filosóficos modernos e contemporâneos; Filosofia e Educação: ensaios, diálogos e Propostas Metodológicas para o Ensino. Para o prefaciador, professor-doutor Kleber Bez Birolo Candiotto, docente da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR), o livro possui um conteúdo relevante na medida em que: "Ao consultar a obra, o leitor será instigado pelos constantes e profundos questionamentos oriundos das diversas temáticas abordadas pelos autores, organizada por Fábio Antonio Gabriel e Gustavo Luiz Gava, com exímia apresentação de José Carlos da Silva".

O coordenador do curso de Filosofia da UENP, professor–doutor José Carlos da Silva, enfatiza na apresentação da obra: "As reflexões do livro 'Ensaios filosóficos: antropologia, neurociência, linguagem e educação' e seus desdobramentos querem ajudar a formar o homem integral na atual conjuntura em que vivemos. Quanto mais integração houver, mais possibilidade terá o homem de ser cidadão emancipado e capaz de lutar por uma qualidade de vida mais humana, justa e digna do ser humano".

O diretor do Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), professor-doutor Antônio Carlos de Souza, um dos autores do livro, ressalta que a obra completa o projeto dos docentes do curso de Filosofia da UENP em parceria com diversos professores de outras instituições da trilogia lançada pela Multifoco: "Filosofia e educação: um diálogo necessário" (2011); "Filosofia e educação: um diálogo entre saberes na contemporaneidade" (2012) e "Ensaios Filosóficos" (2012).

Os autores dos artigos que compõe o livro são os professores da UENP: Antonio Carlos de Souza; Eva Cristina Francisco; Jorge Sobral da Silva Maia; Silvia Borba Zandoná Cadenassi; José Carlos da Silva e Fábio Antonio Gabriel . De outras instituições: Gustavo Luiz Gava (POSITIVO); Ana Paula Ribeiro (PUC-PR); Ari Alex Ramos (PUC-PR); Carlos Willians Jaques Morais (UEPG-UNICAMP); Cleber Dias de Araújo (SEED-PR); Elisandra Angrewski (SEED-PR); Isadora Lima Machado (UNICAMP); Lucas André Teixeira (UNESP); Marcelo Rocha (PUC-PR); Márcia Regina Galvan Campos (SEED PR); Maria Cristina Müller (UEL); Maria Eliane Rosa de Souza (IF-GO); Maurício Silva Alves (PUC-PR); Odirlei Silva de Souza (SEED-PR); Pamela Cristina de Gois (SEED-PR); Ronaldo Mainardes Lemes Pinheiro (SEED-PR).

Solenidade de lançamento do livro "Ensaios Filosóficos: Antropologia, Neurociência, Linguagem e Educação" em Curitiba

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • CONSTITUI Comissão de revalidação de título de doutor, do Programa de Pós-graduação em Ciência Jurídica e estabelece outras providências.

  • ALTERAR COMPOSIÇÃO DA BANCA E DAR CONHECIMENTO da realização da banca de qualificação pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestranda: Mariana de Mello Arrigoni

  • TORNA PÚBLICO aos alunos da 16ª Turma do Mestrado, do Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica, do prazo até o dia 19 de outubro próximo, para que sejam protocolados na Secretaria do Programa, em quatro vias impressas e uma via digital, os projetos de pesquisa e/ou plano de dissertação.

  • TORNA PÚBLICO, a folha de prova de conhecimentos específicos, referente a segunda fase do processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-graduação em Ciência Jurídica, realizada no dia 12 de setembro do corrente ano letivo, e respectivos espelhos de resposta, conforme anexo I deste Edital.

  • A Direção do Campus de Jacarezinho da Universidade Estadual do Norte do Paraná, no uso de suas atribuições legais e regimentais, resolve convocar a candidata abaixo relacionada, aprovada no Processo Seletivo para Estagiário, para comparecer até dia 18/09/2019 para aceite da vaga e entrega dos documentos.