UENP inicia discussão voltada a fortalecer desenvolvimento regional

Quarta, 12 Dezembro 2012 09:55

Com perspectivas de buscar melhor desenvolvimento da região, a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) lançou, na segunda-feira (10/12), as bases iniciais de um projeto que deverá indicar caminhos para um futuro melhor do território de inserção da Instituição. Uma reunião realizada na reitoria da Instituição com membros da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) possibilitou as primeiras discussões sobre a proposta. Para as próximas reuniões, outras entidades deverão se incorporar ao projeto, acentua o vice-reitor da UENP, Rinaldo Bernardelli Junior, idealizador da iniciativa. Nesse primeiro momento, a discussão foi realizada com parceiros da Amunorpi. Posteriormente, o mesmo acontecerá com a microrregião da Amunopi.

O vice-reitor pontua que a proposta surgiu por meio da necessidade de se entender mais estreitamente a realidade da região de inserção da UENP no Estado. A primeira reunião realizada teve, na pauta, a discussão de como fazer acontecer a proposta, quais agentes envolver inicialmente e possíveis eventos e ações. "Nosso objetivo é criar um grupo por meio do qual possamos fomentar o desenvolvimento regional, na busca de uma sociedade melhor para todos", salienta.

O projeto deverá compor estudo sobre diversos aspectos da região como das questões econômicas, sociais, históricos, educacionais, institucionais, dentre outros, para que se possa ter um diagnóstico regional, a fim de se pensar eventos e políticas públicas que atendam a essa realidade. "O desenvolvimento é reflexo de um todo. Um leque muito grande sobre o qual corremos o risco de falar tudo e não falar nada. Há muitas variáveis que influenciam o desenvolvimento ou a falta dele. Saúde, educação, lazer, segurança, emprego com carteira assinada, alimentação, religião, dentre outros, fazem parte do desenvolvimento".

Nesse processo, acentua o vice-reitor, a Universidade, que já desenvolve e atende a região com projetos de extensão e pesquisa, será determinante para promover ações que estejam acima de interesses político-partidários. "Precisamos oportunizar mercado de trabalho para os jovens, envelhecimento seguro para os idosos, proporcionar vida com qualidade às crianças, jovens e adultos. Para isso que estamos trabalhando. Isso é o que buscamos com esse projeto para a região".

Participaram da primeira reunião, além do vice-reitor da UENP, a Pró-Reitora de Extensão e Cultura (PROEC) da Universidade, Cristiane Yanase, a chefe de gabinete da Reitoria, Josiane Petenaci Araújo, a secretária executiva da Amunorpi, Tania Dib, e Adelita Garcia (auxiliar administrativo). Também da PROEC, Rafael Alvim (diretor de Extensão) e André Luís Salvador (chefe da divisão de Projetos, Programas e Eventos de Extensão). Do SEBRAE, Odemir Capello e Roberto Janz. A próxima reunião está marcada para o dia 18 de fevereiro de 2013.