Copa de Baterias Universitárias é realizada em Jacarezinho

Quinta, 30 Mai 2019 16:40 por Editor da Comunicação Social
Bateria Capiau, do curso de Direito da UENP, se apresenta na Copa de Baterias Universitárias, no Centro de Eventos de Jacarezinho Bateria Capiau, do curso de Direito da UENP, se apresenta na Copa de Baterias Universitárias, no Centro de Eventos de Jacarezinho

A cidade de Jacarezinho recebeu, no último sábado, 25, a segunda etapa da Copa de Baterias Universitárias (CBU). Apoiado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), o evento reuniu cerca de 200 estudantes universitários no Centro de Eventos Prefeito José Antonio Pereira.

Participaram do evento a Bateria Batorada Vaca Magra, da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto; Bateria Tormenta, da União das Faculdades dos Grandes Lagos – São José do Rio Preto; Bateria Demônios da Lagoa, da Universidade Estadual de Londrina; Bateria Troglodita, da Faceres, São José do Rio Preto; e Bateria Capiau, do curso de direito da UENP.

A proposta da “Copa das Baterias Universitárias” é tornar o mundo das baterias universitárias mais abrangente e democrático, com competições niveladas tecnicamente e com troca de experiência entre os participantes. Para tanto, foram abertas as inscrições para todos os interessados e, a partir dessas inscrições, foram montadas “chaves” em regiões específicas, abrangendo os interessados por região. Tal medida foi celebrada para as baterias tenham uma significativa economia com transporte - uma das maiores dificuldades dos estudantes. A grande final da Copa será realizada em São Paulo, na quadra da Escola de Samba Império de Casa Verde.

Com apresentação impecável, a Batorada Vaca Magra foi a grande campeã desta etapa, seguida da Bateria Tormenta. Em terceiro, Demônios da Lagoa. Amargando o quinto lugar por não alcançar o tempo mínimo de apresentação, a Bateria Capiau apresentou ótima performance no Concurso, como aponta o professor James Rios, diretor de Cultura. “A Bateria Capiau fez uma ótima apresentação. O nível de execução foi altíssimo, com andamento para frente, mas muito bem cadenciado. Versatilidade e criação nota 10. Infelizmente, o tempo puniu, mas isso não tirou o brilho de uma garotada que aprendeu a fazer samba de primeira linha. Tenho certeza que a Capiau arrebentará no Desafio dos jogos jurídicos”, disse.

A Pró-Reitora de Extensão e Cultura, professora Simone Castanho, comentou sobre o fomento às Baterias na UENP. “Muito bom ver o surgimento e o aprimoramento de nossas baterias. Isso mostra o quanto a UENP se mantém viva culturalmente. Por isso sempre apoiamos iniciativas, como a da CBU, que consiste em promover a cultura do samba, com vistas à integração dos alunos que, por meio da música, buscam o mesmo objetivo: compartilhar experiências”, partilha.

Homenagem

Na ocasião, o senhor José Pereira da Paz, mais conhecido como Capoeira, foi ovacionado pelos participantes do evento. O percussionista, que já realizou diversas apresentações nos eventos promovidos pela UENP, deu uma canja na CBU. Os principais mestres de baterias de escolas de samba do Brasil – que foram jurados no evento – se renderam à execução de Capoeira no repinique. Os ritmistas foram ao delírio. O homenageado comentou sobre a homenagem. “Estou muito emocionado. Nunca imaginei que isso fosse acontecer em minha vida. Ser reconhecido por esses mestres e sentir o carinho desses meninos não têm preço. Sou imensamente grato à UENP por apoiar um projeto muito importante para o samba”, disse.

Compartilhe:

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestrando: Vinícius Alves Scherch

  • REMARCA e DA CONHECIMENTO da audiência pública a ser realizada no dia 18 de outubro de 2019, às 16:30 horas, neste Centro de Ciências Sociais Aplicadas, para a conclusão do estágio pós-doutoral em Ciência Jurídica, de João Victor Rozatti Longhi

  • REMARCA e DA CONHECIMENTO da realização das bancas de qualificação pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestrandas: Mariana de Mello Arrigoni e Simone Valadão Costa e Tressa

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de qualificação pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestrando: Mateus Tamura Aranha

  • RESOLVE redesignar a orientação dos alunos conforme segue abaixo.