Professor de Fisioterapia da UENP desenvolve método que integra exercícios e sistemas sensoriais

Segunda, 14 Outubro 2019 12:01 por Assessoria de Comunicação Social
Professor Fabrício Jassi desenvolveu método inovador que demonstra que a visão e audição, por exemplo, podem influenciar positivamente na postura Professor Fabrício Jassi desenvolveu método inovador que demonstra que a visão e audição, por exemplo, podem influenciar positivamente na postura

O professor-doutor Fabrício José Jassi, do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), desenvolveu um método inovador que integra exercícios funcionais a atividades que estimulam a atividade sensorial do corpo. O “Método Jassi”, que está em processo de patenteamento, já foi apresentado a fisioterapeutas de todo o país e é também aplicado nos atendimentos realizados pela Clínica de Fisioterapia da UENP.

O Método Jassi tem como principais objetivos a recuperação e a prevenção de lesões; melhora da postura e funcionalidade em pacientes ortopédicos; neurológicos; preparação de atletas de alto rendimento; redução da dor e a melhora da postura nos pacientes. A metodologia une exercícios de controle motor designados especialmente para cada paciente a outros exercícios que utilizam os sistemas sensoriais como a visão, a audição e o sistema vestibular.

O professor Fabrício Jassi destaca que este é um método inovador no país. “Quando o paciente vai a uma clínica de Fisioterapia, ele realiza os exercícios de estabilização a fim de se preparar para atividades mais intensas como a musculação ou outro esporte, mas não integrando às funções sensoriais. O método que desenvolvi demonstra que a visão e audição, por exemplo, podem influenciar positivamente na postura, desempenho funcional e melhorar os resultados de um tratamento fisioterapêutico”, relata.

O professor Jassi começou a estudar o método em 2007, mas os procedimentos foram consolidados por volta de 2017. “O método foi desenvolvido ao longo de minha experiência profissional, associada às atividades desenvolvidas no mestrado e no doutorado. Além disso, as pesquisas realizadas na UENP e o dia a dia na Clínica de Fisioterapia da 

Universidade também ajudaram a consolidar os exercícios. Hoje, já dei palestras preparando profissionais de diversas localidades do país”, comenta. 

O Método Jassi já foi apresentado a fisioterapeutas da capital paulista, do Rio de Janeiro, de Recife e outros locais. Também foi apresentado à equipe de profissionais do Hospital Israelita Albert Einstein e é utilizado por profissionais de diversos clubes de futebol e outras modalidades esportivas no Brasil.

Na UENP, o Método Jassi é utilizado em Projetos de Extensão, nas pesquisas realizadas pelo professor junto aos alunos e na rotina de tratamentos da Clínica de Fisioterapia. Na quinta-feira, 3 de outubro, o professor Fabrício ministrou palestra aos alunos de Fisioterapia e Educação Física com o título “Método Jassi de Estabilização Clínico Funcional e Integração Sensorial”.

Também está marcada para os dias 25 a 27 de outubro uma capacitação para profissionais que pretendem utilizar o Método. O evento acontecerá no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UENP em Jacarezinho.


Última modificação: Segunda, 14 Outubro 2019 12:06
Compartilhe:

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • RESOLVE convocar os candidatos  relacionados para serem submetidos à arguição do projeto apresentado ao Doutorado em Ciência Jurídica desta Instituição, nos termos do item 10, do Edital 30/2019-PPGDUENP.

  • PLANO DE TRABALHO DOCENTE I: Conto de fadas tradicional Chapeuzinho Vermelho

  • O GÊNERO DISCURSIVO CONTO DE FADAS COMO INSTRUMENTO ORIENTADOR DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA

  • TORNA PÚBLICA  a abertura, em fluxo contínuo, de inscrições para credenciamento de docentes no PROFLETRAS/UENP.

  • A Direção do Campus de Jacarezinho, da Universidade Estadual do Norte do Paraná, no uso de suas atribuições legais e regimentais, resolve tornar pública Abertura de Teste Seletivo para Bolsista da Clínica de Fisioterapia e Reabilitação Prof. Alfredo Franco Ayub, do Centro de Ciências da Saúde, do Campus de Jacarezinho da Universidade Estadual do Norte do Paraná.