PIBID/História participa de semana da Consciência Negra no José Pavan

Quarta, 27 Novembro 2019 16:19 por Editor da Comunicação Social
Alunos do Colégio Estadual José Pavan participam de atividades da Semana da Consciência Negra promovida na instituição Alunos do Colégio Estadual José Pavan participam de atividades da Semana da Consciência Negra promovida na instituição

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) do curso de História da UENP participou ativamente dos eventos da Semana de Consciência Negra do Colégio Estadual José Pavan, de Jacarezinho. As oficinas e atrações culturais foram realizados no estabelecimento de ensino dos dias 18 a 22 de novembro.

O PIBID História preparou oficinas e exposições com as temáticas: “O Movimento Negro: trajetórias biográficas”; “O Movimento Negro na Ditadura Civil Militar”; “Resistências à Escravidão No Brasil”; As Religiões de Matriz Africana: uma Proposta Pedagógica como Potencial Decolonizador”.

As oficinas e exposições foram apresentadas no dia 22 de novembro nos períodos da manhã e da tarde, junto com outras atividades propostas pela escola. Os alunos da Educação Básica puderam expor suas ideias, argumentar, trocar e ampliar conhecimentos visitando as exposições ou apresentando seus próprios trabalhos.  

Durante a tarde do dia 22, o grupo Cia de Danças Urbanas de Ourinhos, dirigido pelo coreógrafo Alexandre Cardoso dos Reis, o Xandão, apresentou três coreografias que encantaram o público majoritariamente composto por alunos da escola. A apresentação cultural do grupo foi proporcionada pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) por meio da V Mostra de Arte Afro-Brasileira . 

O coordenador do Pibid de História, professor-doutor Jean Moreno, comentou sobre as ações do projeto na escola e a importância de eventos como o realizado durante a semana. “As ações do Pibid de História tem um caráter descolonizador. Isso significa que nós buscamos criar nos nossos alunos uma cultura de libertação e autonomia política, cultural e social. É por isso que aqui no Colégio José Pavan nós promovemos nesta semana oficinas, apresentações e outras ações de conscientização para alunos dos Ensinos Fundamental e Médio”, relatou.

O diretor de cultura da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UENP, James Rios, também tratou da relevância da arte, da cultura e da educação como instrumentos libertadores das comunidades periféricas. “Queremos incentivar a crença na potencialidade de todos vocês, alunos. A Universidade quer que vocês, alunos, sejam cada vez mais emancipados e críticos. Queremos que vocês confiem em si mesmo e tenham a certeza de que poderão alçar vôos cada vez maiores. A Mostra Afro está presente aqui com intuito de empoderá-los”, disse. 

O diretor do Colégio José Pavan, professor Adalberto Aparecido Marques, fez declaração voltada aos docentes da instituição. “Professores, vocês são fundamentais para que as discussões sobre os aspectos étnico-raciais não sejam realizadas apenas no mês de novembro, mas sim durante a atividade escolar ao longo de todos os semestres do ano. As ações desta semana são importantes, mas seus impactos devem ser cultivados sempre”, afirmou. 

Presente na apresentação, o secretário de cultura da cidade de Ourinhos, Gustavo Tanus Martins, agradeceu pela oportunidade de apresentar o grupo ourinhense à comunidade de Jacarezinho. “Na educação nós conseguimos mudar ideias, criar reflexões e promover maneiras melhores de mudar o mundo. Hoje nós trouxemos três apresentações de dança e esperamos que vocês gostem. Desejamos também que  vocês se interessem cada vez mais por atividades ligadas à cultura”, declarou.

A estudante do 9º ano do Colégio Estadual José Pavan, Nicole Vitória, aprovou o espetáculo. “Eu gostei muito e achei incríveis as apresentações de dança deste grupo. Quero começar a dançar também. Acho que é muito importante trazer este tipo de acontecimento artístico para dentro da escola, principalmente sobre Consciência Negra”, finaliza a aluna. 

Última modificação: Quinta, 28 Novembro 2019 13:36
Compartilhe:

UENP-CJ - ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestranda: Débora Gonçalves Tomita

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestrando: Luiz Henrique Néia Giavina Bianchi

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestranda: Simone Valadão Costa e Tressa

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestranda: Fernanda Prado

  • DA CONHECIMENTO da realização da banca de defesa pública de Dissertação de Mestrado em Ciência Jurídica - Mestrando: Deyvison Heberth dos Reis