Capes aprova Mestrado Profissional em Educação da UENP

Terça, 30 Outubro 2018 16:34 por Assessoria de Comunicação Social
Disciplinas do mestrado serão ofertadas às sextas-feiras e aos sábados no Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE) do Campus de Jacarezinho (foto) Disciplinas do mestrado serão ofertadas às sextas-feiras e aos sábados no Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE) do Campus de Jacarezinho (foto)

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) aprovou a proposta de criação do mestrado Profissional em Educação (PPEd) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). O resultado da avaliação foi divulgado nesta semana. O programa stricto sensu ofertará 20 vagas anuais e a expectativa é que a primeira seleção, que incluirá três etapas (projeto de pesquisa, prova escrita e entrevista), aconteça entre janeiro e fevereiro e que as aulas sejam iniciadas em março de 2019, no Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), do Campus de Jacarezinho.

A área de concentração do programa é intitulada "Educação Básica", compreendida nos termos da LDB (lei n. 9394/96) como aquele nível de ensino composto pela educação infantil, ensino fundamental e médio. “É a educação básica que definirá o foco das atividades de estudo, pesquisa e de construção de propostas de intervenção a serem desenvolvidas pelos mestrandos”, explica o coordenador do PPEd, professor-doutor Flávio Massami Martins Ruckstadter.

O programa será dividido em duas linhas de pesquisa - “Educação Básica: gestão e planejamento” e “Práticas docentes para a Educação Básica”. Para o coordenador do PPEd, a aprovação representa uma grande conquista para a UENP e para os educadores e educadoras do Norte do Paraná. Ele destaca que este é o primeiro curso de mestrado profissional na área de Educação aprovado pela CAPES em todo o Norte do Estado.

“Nosso programa tem como objetivo central qualificar profissionais comprometidos com a realidade escolar local e nacional e com a sua transformação a partir da proposição de projetos e metodologias diferenciadas e inovadoras. O foco das análises e intervenções será a Educação Básica, considerando a experiência profissional dos mestrandos em articulação com os saberes sistematizados pela pesquisa educacional”, ressalta Flávio Ruckstadter.

O professor acentua ainda que, institucionalmente, a aprovação do PPEd é resultado do amadurecimento acadêmico de uma equipe docente dedicada que se configurou a partir de 2013 e que, de diferentes formas e por meio de projetos variados, sempre demonstrou preocupação com os desafios da educação básica.

O corpo docente do programa será composto pelos professores Antônio Carlos de Souza, Flávio Ruckstadter, Flávio Furlanetto, Jean Carlos Moreno, Jorge Sobral da Silva Maia, Luiz Antônio de Oliveira, Maria Lúcia Vinha, Marisa Noda, Maurício de Aquino e Vanessa Ruckstadter, dos campi de Jacarezinho e Cornélio Procópio da Universidade. “Os dez professores têm ampla experiência na pesquisa educacional e atuam em diferentes licenciaturas na UENP: Pedagogia, História, Filosofia e Ciências Biológicas”, comenta o coordenador do programa.

A reitora da UENP, professora Fátima Aparecida da Cruz Padoan, parabeniza a todos os professores envolvidos e enaltece a importância do mestrado para a UENP e para o Norte do Paraná. “A aprovação do programa de mestrado Profissional em Educação é uma grande conquista para nossa Universidade. Fruto da mobilização dos nossos professores, resultado de um trabalho comprometido e dedicado, tenho certeza de que esse programa de pós-graduação representará apoio efetivo para melhorar o desempenho da Educação básica na nossa região, contribuindo expressivamente para o desenvolvimento do Norte do Paraná”.

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UENP, professora Vanderléia Oliveira, destaca que a aprovação foi recebida com muita satisfação, porque a UENP tem como missão atuar na produção do conhecimento científico, no processo de desenvolvimento regional e do Estado e na construção da sociedade e de seus cidadãos. “A criação de um programa de pós-graduação na área de Educação é extremamente relevante para o cumprimento desta missão, vindo ao encontro das expectativas da comunidade interna e externa", destaca a pró-reitora.

Para o diretor de Pós-graduação, professor Marcos Augusto Alves da Silva, a aprovação de mais um programa de mestrado vem ajudar a consolidar a UENP como referência em conhecimento científico para região. “O mestrado profissionalizante em Educação dará condições para que os profissionais que atuam em Educação na nossa região possam se qualificar, contribuindo para expansão do conhecimento e a mudança de paradigmas, aperfeiçoando os conhecimentos interdisciplinares, de cultura, de ciência e de formação de docentes e pesquisadores”, disse Marcos.

Um dos diferenciais do PPEd, pensando em seu público-alvo, é a oferta das disciplinas às sextas-feiras e aos sábados, no CCHE, do Campus de Jacarezinho. Esse será o quinto mestrado ofertado pela UENP. Atualmente a Universidade conta com mestrados em Ciência Jurídica, em Jacarezinho; Agronomia, em Bandeirantes; Profissional em Letras (ProfLetras) e Profissional em Ensino (PPGEN), em Cornélio Procópio, além do doutorado em Ciência Jurídica. A UENP aguarda ainda para este ano resultado de avaliação de mais um programa de mestrado submetido à Capes em 2018.

Última modificação: Terça, 30 Outubro 2018 16:39
Compartilhe: